Bandidos em fuga atropelam família e matam pai e filho de apenas 8 anos

Assaltantes bateram em bicicleta e também mataram pai e deixaram filha de 11 anos em estado grave

Bandidos capotaram carro após fugir do assalto e atropelaram três pessoas da mesma família; criança morreu na hora. Foto: Sérgio Costa
Bandidos capotaram carro após fugir do assalto e atropelaram três pessoas da mesma família; criança morreu na hora. Foto: Sérgio Costa

Uma criança morreu atropelada em São José de Mipibú, após bandidos roubarem um veículo e se envolverem e um acidente, que acabou vitimando também o pai do garoto. Ainda ontem, uma menina de seis anos foi baleada na cabeça após uma tentativa de assalto, no município de Parnamirim, ambos da região metropolitana de Natal.

Em São José de Mipibú, um pastor foi assaltado enquanto saía da igreja, por volta das 21h30. Os criminosos fugiram, mas perderam o controle do carro e capotaram poucos metros depois, atingindo três familiares em uma bicicleta, no centro da cidade. Francisco Vitor Batista da Silva, de oito anos, morreu na hora. O pai, Francisco Vanilson Batista, de 34 anos, chegou a ser socorrido, mas veio a óbito na madrugada de hoje. Além deles, uma adolescente, irmã e filha das vítimas, Vitória Batista, de 13 anos, sofreu apenas ferimentos leves.

Segundo informações do chefe de investigações da delegacia da cidade, Jairton Vicente,os criminosos fugiram do veículo capotado atirando. “Eles fugiram atirando para não serem identificados. Além disso, eles tiveram a cobertura de comparsas em outro veículo. Nossa equipe está nas ruas fazendo diligências em busca de pistas do destino dos bandidos”, disse o investigador.

Em Parnamirim, uma menina de seis anos foi baleada na cabeça após uma tentativa de assalto na noite de ontem. Segundo a Polícia Militar, a criança estava em um carro com os pais quando dois homens tentaram roubar o veículo. O pai da vítima teria regiado tentando acelerar, quando os bandidos atiraram, atingindo a garota. O crime aconteceu na avenida Perimetral, no conjunto Vida Nova. Os suspeitos fugiram após o crime, sem deixar pistas.

A criança foi levada para o Hospital Regional Deoclécio Marques, na cidade, e posteriormente encaminhada para o pronto-socorro Clóvis Sarinho. Até o fechamento desta edição, a criança estava em estado grave na U.T.I pediátrica da unidade, respirando com a ajuda de aparelhos.

Compartilhar: