Banhista sofre ataque de arraia e é resgatado por helicóptero

Os ataques de arraia são considerados raros e, apesar de dolorosos, ocorrem na maioria das vezes em pernas e tornozelos e não causam maiores complicações

Ataques de arraia são considerados raros. Foto:Divulgação
Ataques de arraia são considerados raros. Foto:Divulgação

Um banhista foi ferido ao ser atacado por uma arraia na praia do Campeche, em Florianópolis (SC), na tarde deste domingo.

De acordo com as informações divulgadas por integrantes do helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, o caso ocorreu entre as praias do Campeche e da Joaquina, um dos locais mais movimentados na alta temporada.

A identidade do banhista não foi divulgada. Ele acabou levado pelo helicóptero de resgate para o serviço de emergência da Unidade de Pronto Atendimento do Sul da Ilha (UPA Sul). Segundo as primeiras informações, o banhista atacado não corre risco de morrer.

Os ataques de arraia são considerados raros e, apesar de dolorosos, ocorrem na maioria das vezes em pernas e tornozelos e não causam maiores complicações. Entretanto, podem ser fatais caso o “aguilhão” atinja peito ou abdome das vítimas.

Fonte:Terra

Compartilhar: