Belfort admite irregularidade em antidoping surpresa realizado em fevereiro

Brasileiro revela os resultados completos de testes e afirma ter normalizado o nível de testosterona de seu organismo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Vitor Belfort se antecipou à audiência que terá junto à Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) em meados do mês e divulgou o resultado do exame antidoping surpresa ao qual se submeteu no início do ano. O lutador brasileiro admitiu que, no exame realizado no dia 7 de fevereiro, seu nível de testosterona no organismo estava acima do permitido.

Belfort foi requisitado pela NSAC a fazer o teste antidoping surpresa já que tinha luta marcada contra Chris Weidman para o dia 23 de maio, em Las Vegas (EUA). O veterano afirmou que, logo após seu exame ter apresentado uma irregularidade, seu médico o orientou a diminuir a dosagem de sua terapia de reposição de testosterona (TRT), o que fez com que os níveis se normalizassem assim que o repetiu, duas semanas depois. Nos testes divulgados realizados nos meses seguintes, a taxa de testosterona em seu organismo estava abaixo do normal para um homem adulto.

O lutador também afirmou que interrompeu imediatamente sua TRT assim que a prática foi proibida pela NSAC, pouco depois. Belfort espera obter sua licença para lutar em Las Vegas já que tem combate agendado contra Chael Sonnen para o dia 5 de julho, no UFC 175. A audiência que irá definir o seu futuro será realizada no dia 17 de junho.

Confira a declaração completa de Vitor Belfort:

Em preparação para minha audiência com a Comissão Atlética de Nevada(NSAC), gostaria de esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao exame surpresa que fiz no dia 7 de fevereiro de 2014 a pedido da Comissão Atlética de Nevada.

No período desse exame, estava considerando aplicar para isenção de uso terapêutico (TUE) referente ao TRT para a Comissão Atlética de Nevada. Mesmo que ainda não havia feito a aplicação formal para a Comissão, fui solicitado a fazer o exame e o fiz sem hesitar.

Após completar todos os exames, comuniquei por escrito à Comissão de Nevada que ainda permanecia sob tratamento (TRT) e que havia tomado a dosagem recomendada pelo meu médico no dia anterior.

O resultado do exame de 7 de fevereiro indica que meu nível de testosterona estava acima do limite. Embora níveis que estejam um pouco acima do normal não são incomuns para aqueles que estão em tratamento (TRT), meu médico imediatamente modificou a dosagem para os níveis normais, como você̂ pode ver no resultado com níveis normais no exame de 22 de fevereiro.

Tenho sido examinado constantemente desde o fim de fevereiro, março , abril e maio, e todos os resultados mostram que meus níveis estão normais ou abaixo do normal. Para evitar qualquer ambiguidade, estou divulgando junto com essa declaração os resultados de todos os exames citados acima e irei fazer o mesmo para a Comissão de Nevada para que eles considerem como parte da minha aplicação para a licença.

Estou aberto a novos exames que possam ser requisitados pela Comissão de Nevada para obter a licença no estado. Logo após, no dia 27 de fevereiro de 2014, quando o TRT foi banido pela Comissão Atlética de Nevada, eu parei meu tratamento no mesmo dia.

E agora que estou aplicando para a licença em Nevada, não quero que fique dúvidas relacionadas à minha capacidade de competir e entendo que e minha responsabilidade é provar para a Comissão que tenho todos os requisitos para obter a licença em Nevada.

Gostaria de agradecer à Comissão de Nevada por considerar minha aplicação e dizer que estou ansioso para responder qualquer pergunta que a Comissão possa vir a ter na audiência do dia 17 de junho, e provar que sou um dos melhores lutadores do mundo no dia 5 de Julho em Las Vegas caso a Comissão me conceda a licença.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade