Biólogo e metalúrgico são presos por compartilhar link de pedofilia

Os dois confessaram o crime e foram presos em flagrante

Os criminosos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Pinheiros e estão à disposição da Justiça. Foto:Divulgação
Os criminosos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Pinheiros e estão à disposição da Justiça. Foto:Divulgação

Dois homens, um biólogo, de 30 anos, e um metalúrgico, de 26, foram presos em flagrante na tarde deste sábado (1º) por compartilhar material de pornografia infantil durante a Campus Party, no Anhembi, zona norte de São Paulo.

De acordo com o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, os policiais chegaram até os dois criminosos depois de identificarem os IPs (Protocolo de Internet) das duas máquinas que foram mapeadas pela organização do evento.

Os dois confessaram o crime e foram presos em flagrante. Eles foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Pinheiros e permanecem à disposição da Justiça.

Dentro dos computadores os policiais conseguiram identificar os links de pedofilia. Segundo a polícia, a ação para identificar os criminosos foi muito trabalhosa, porque, no local do evento, havia 8.000 pessoas.

Fonte:R7

Compartilhar: