Boeing cria celular “autodestrutivo” para proteger dados

Novo gadget marca a criação de um braço de comunicação da empresa de aviação

Primeira imagem do Boeing Black Smartphone Foto: Divulgação
Primeira imagem do Boeing Black Smartphone
Foto: Divulgação

A Boeing entra no mercado de celulares com o Boeing Black Smartphone, a empresa de aviação cadastrou o aparelho no FCC, órgão que regulariza a comunicação nos Estados Unidos, e divulgou em seu site as informações e especificações do gadget. O aparelho terá ligações criptografadas e uma espécie de proteção física que se aberta sem a devida autorização, pode apagar todos os dados e informações de seu usuário.

O novo gadget marca a criação de um braço de comunicação da empresa conhecida pelos aviões comerciais 747 e os jatos militares F/A 18 Super Hornet. O Boeing Black Smartphone surge em uma época que os celulares também focam na privacidade, em combate a quebra de dados nos aparelhos e serviços móveis.

O celular será feito nos Estados Unidos e rodará o sistema Google Android com tela de 4.3 polegadas; dimensão de 13.26 mm x 131. 9 mm x 67. 6 mm; pesa 170 gramas e usa processador A9 de 1.2 GHz.

A Boeing ainda não revelou preço ou data de lançamento do aparelho.

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade