Bolão inusitado da Copa oferece garota de programa como prêmio

Os bolões sempre viram febre nas grandes competições de futebol. Nesta Copa, não poderia ser diferente. O interessante é que alguns acabam tendo ideias inusitadas para premiação

Melbourne Boardroom

Foi o caso de Godofredo Martin (nome modificado a pedido do personagem da matéria), que desde a Eurocopa de 2008 teve uma ideia inusitada como premiação do bolão com os amigos: oferecer uma garota de programa como prêmio.

“A regra básica é a seguinte: o prêmio não vem em dinheiro. Ele deve ser usado para pagar uma garota de programa. A gente escolhe uma casa, entrega o prêmio e o cara usa na hora. Se sobrar, gasta com outra, ou com bebida. Se faltar, ele inteira o resto”, explicou ao Torcedores.com.

A brincadeira que começou na Eurocopa só foi repetida em outras grandes competições desde 2008: Olimpíadas, Copa América e Copa do Mundo.

Curiosamente, Godofredo não tem levado sorte neste bolões que organiza: “O mais louco é que eu tive a ideia e nunca ganhei. Passo perto, mas nunca levo”.

O bolão é tão organizado que tem até um grupo do WhatsAPP. O valor para entrar de R$ 69. Para este ano, o bolão tem uma novidade: o lanterna terá pagar um extra de R$ 21 pra ajudar na compra da camisinha de quem ganhar. “Com isto, não teremos o abandono”.

 

Fonte: Torcedores.com

Compartilhar:
    Publicidade