“Bom samaritano” chinês se suicida ao ser acusado pela vítima

As autoridades abriram uma investigação sobre o incidente

Chinês foi traído por aquele a quem ajudou. Foto:Divulgação
Chinês foi traído por aquele a quem ajudou. Foto:Divulgação

Um chinês que ajudou um idoso que havia caído na rua se suicidou depois que a vítima da queda o responsabilizou pelo acidente e exigiu uma importante soma em dinheiro por perdas e danos, informou a imprensa nesta quinta-feira.

Wu Weiqing, 46 anos, circulava no dia 31 de dezembro pela cidade de Dongyuan quando se deparou com um idoso que aparentemente havia acabado de cair na calçada, explicou sua viúva ao jornal Nanfang Dushibao. Wu transportou o idoso a uma clínica e pagou de seu próprio bolso os gastos médicos, que chegaram a 3,5 mil iuanes (mais de R$ 1,3 mil).

“Meu marido nunca teria imaginado que o idoso e sua família se voltariam contra ele, tornando-o responsável pela queda e exigindo de nós centenas de milhares de iuanes por perdas e danos”, declarou a viúva a este jornal de Cantão, no sul da China.

A filha de Wu contou que seu pai se sentiu humilhado pela guinada dos acontecimentos. “Encarou muito mal o fato de que o homem a quem havia ajudado lhe pedia dinheiro e considerou que era melhor morrer para provar sua inocência do que arrastar a sua família em sua decadência”, explicou Wu Haiyan.

A família do idoso, identificado pelo nome de Zhou, negou ter exigido dinheiro como indenização e garantiu que Wu provocou o acidente. As autoridades abriram uma investigação sobre o incidente.

Fonte:Terra

Compartilhar:
    Publicidade