Bombeiros e Samu discutem integração dos planos para Copa em Natal‏

O comandante geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Elizeu Lisboa Dantas, adiantou que no período da Copa a instituição contará com um efetivo diário de 311 militares

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Representantes do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRN), da Secretaria Extraordinária de Grande Eventos (Sesge) e dos Serviços de Atendimento Móveis de Urgência (Samu RN e Samu Natal) estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (14.04), no quartel do Comando Geral do CBMRN, para discutir as ações relacionadas ao plano de operações a ser executado no Arena das Dunas e eventos simultâneos, que vão acontecer no período dos jogos da Copa do Mundo no Rio Grande do Norte.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Elizeu Lisboa Dantas, adiantou que no período da Copa a instituição contará com um efetivo diário de 311 militares e ativará postos de salvamentos avançados (PAS) em áreas estratégicas, do chamado cinturão turístico, como a Br 101 e Via Costeira, mantendo equipes de prontidão dentro e fora do estádio, além das FanFests. Os bombeiros do RN contarão ainda com o reforço de militares da Força Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça (MJ), e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) para as ações de prevenção e salvamento aquático, o que permitirá a cobertura de até 140 quilômetros de orla marítima, por meio da ativação de 22 postos de Guarda Vida (hoje existem 4 postos). Além disso, bombeiros militares do estado do Pará darão apoio para ações de QBRNE (Química, Biológica, Radiológica, Nuclear e Explosiva), relacionados a possíveis ataques terroristas.

“Para ações de QBRNE teremos seis peritos, diariamente, na escala de serviço, atuando com uma viatura do tipo Auto Hidro-Químico (AHQ), com corredor de descontaminação e equipamentos de proteção individual”, destacou o Coronel Dantas.

De acordo com Valéria Bezerra, Coordenadora do Samu Natal, cada um dos órgãos (Bombeiros e Samus) terá a sua parcela de contribuição. Segundo ela, as ações de assistência médica de urgência e emergência que se fizerem necessárias em Natal serão reguladas pelo Samu Natal já que a área da capital é de responsabilidade da SMS. Já as ações que ocorrerem na região metropolitana serão atendidas pelo Samu RN, normalmente.

“Durante os jogos, o Samu Natal contará com 35 profissionais, diariamente, na escala de serviço, sendo mais dois médicos reguladores atuando em um posto de comando situado no interior do Arena das Dunas. A assistência médica de urgência e emergência da capital também terá sua estrutura reforçada pela Sesap. Ficou garantida a permanência de viaturas do Samu/RN nas cercanias do estádio, a fim de apoiar o Samu Natal e fazer os atendimentos que forem necessários”, disse Valéria Bezerra.

Cecília Picinin, Coordenadora Geral do Samu 192/RN, destacou que a integração dos planos operacionais dos órgãos que atuam no socorro à urgências no RN ficará como um legado da copa e poderá ser ativado em qualquer outro grande evento ou ocorrências de maior vulto.

“O Samu RN dará todo apoio necessário para que o Corpo de Bombeiros e o Samu Natal possam atender com eficiência as demandas que se fizerem necessárias no período da Copa. Estaremos, inclusive, disponibilizando equipes extras do Samu RN, que ficarão em plantão permanente, nos dias de jogos da Copa, para apoiar nas ocorrências. Em dias de jogos ativaremos nossas equipes com três horas de antecedência e permaneceremos de prontidão até três horas após o final das competições. Vejo tudo isso como um grande legado”, disse.

Corpo de Bombeiro capacita militares para ações de QBRNE

Nesta terça (15) e quarta-feira (16), dez militares do CBMRN estarão participando de uma capacitação de QBRNE, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para se tornarem multiplicador destes conhecimentos. Segundo o Coronel Elizeu Dantas, o curso será oferecido pela Marinha do Brasil e a aquisição de equipamentos, para atuação neste tipo específico de salvamento, será fornecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará. Segundo Elizeu Dantas, um processo de compra de materiais para ações de QBRNE também está tramitando internamente no CBMRN.

Compartilhar: