Brasil colônia

A atitude do presidente do Alecrim, Anthony Armstrong, de impedir os profissionais de comunicação de entrar no estádio Ninho do…

A atitude do presidente do Alecrim, Anthony Armstrong, de impedir os profissionais de comunicação de entrar no estádio Ninho do Periquito para a cobertura do jogo entre Alecrim e ABC, foi o maior ataque da história à crônica esportiva potiguar. Tanto foi que ato do dirigente foi repudiado pelo Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte e Associação dos Cronistas Esportivos (ACERN) pois nenhum jornalista pode ser barrado ao fazer o seu trabalho. É inadmissível qualquer cerceamento do livre exercício da profissão.

O pior disso tudo é que uma atitude deste tipo tem efeito contrário, queima a imagem do clube. O Alecrim é uma espécie de xodó do torcedor norte-riograndense e não precisa desta passagem triste em sua história. Mas o que mais chateou a todos e constrangeu até os conselheiros alecrinenses foi a frase “eu vou disciplinar a imprensa”. Parece que voltamos ao período do Brasil colônia e que desta vez seremos colonizados pelos ingleses.

 

Olho grande
Absurdo. Emissoras de TV estrangeiras estão tendo que rever seus planos de transmissão da Copa do Mundo de 2014 no Brasil devido aos valores exorbitantes que estão sendo orçados por produtoras brasileiras, hotéis e pelo mercado imobiliário na hora de alugar uma sala e montar uma base. Algumas estão mesmo desistindo de se estabelecer no país durante o Mundial por considerarem os valores completamente inviáveis.

Torcidas
As torcidas organizadas de ABC e América já sabem onde ficarão localizadas nos dois jogos de estreia da Arena das Dunas, no dia 26 de janeiro, entre ABC e Alecrim, pela quinta rodada do Estadual,  e América e Confiança, pela Copa do Nordeste. Os torcedores ficarão atrás do gol, no lado Sul, que fica próximo ao Centro Administrativo, será da torcida alvirrubra. Os alvinegros ficam no gol do lado Norte, que fica para a Avenida Romualdo Galvão.

Jean no América
Um meia-atacante chamado Jean está sendo avaliado pelo técnico Leandro Sena. O jogador é oriundo do futsal e estava atuando na Espanha. Se passar nos testes, poderemos ter em Natal uma reprise do que aconteceu com Manoel Tobias e Falcão.

Bagunça geral
O Tribunal de Justiça do Rio concedeu uma liminar determinando que a CBF cumpra a decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que no final do ano rebaixou a Portuguesa para a Série B. Em  outras duas liminares, torcedores da Portuguesa e Fluminense conseguem manter os pontos do seus clubes. A bagunça é geral.

Confusão
O vice-presidente de finanças do ABC, Rogério Marinho, deixou-se entender em entrevista à imprensa nesta semana de que o clube poderá ter que abrir mão de uma parte de seu patrimônio para quitar dívidas. A confusão é grande nas redes sociais. Por enquanto, tudo não passa de um mal entendido, vamos aguardar.

Dalton
Dificilmente o zagueiro Dalton retornará para o América. O técnico do Internacional, Abel Braga, conhece o potencial do garoto que foi formado nas bases do Fluminense, mas que estava encostado no Beira-Rio, e pediu o seu retorno imediato. Dizem que o Inter não é clube de duas palavras e que por isso os dirigentes alvirrubros estariam confiantes na volta do zagueiro.

Sub-19
O presidente da Liga Nordeste, Eduardo Rocha, disse que está batalhando para mudar a categoria da Copa Nordeste Sub-20. Segundo Eduardo é mais vantajoso para os clubes transformar a competição em Sub-19, pois vai privilegiar os jogadores que estão sendo formados nas bases e que ainda não tiveram chance de mostrar o seu futebol, uma vez que no Sub-20 há muitos jogadores de fora.

Demissão
Corre a notícia de que o assessor de imprensa do Alecrim, Gabriel Peres, teria pedido demissão após o lamentável episódio entre Armstrong e mídia esportiva. O profissional teria recebido uma proposta durante a Copa São Paulo para retornar ao Fluminense e aproveitou a ocasião para voltar ao Rio de Janeiro.

Compartilhar: