Brasil está no 44º lugar em conectividade de serviços no mundo

País tem adoção de serviços de telefonia, internet e TV similar aos mercados da América Latina

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Segundo um estudo da Qualcomm, o Brasil tem um nível intermediário de conectividade. De 73 países pesquisados, o País fica em 44º lugar quando se fala de penetração de serviços de telefonia fixa e móvel, internet fixa e móvel, TV paga e conexões máquina-a-máquina (M2M).

Comparando os dados de todos os países analisados, desde o que tem o maior índice de serviços ao que tem o menor, a pesquisa contabilizou que o Brasil tem 34,10 pontos em um total de 100 possíveis. Para se ter uma ideia, Hong Kong é o país mais conectado do mundo, com 79,24 pontos. Apesar de estar longe do país ultraconectado, o Brasil ficou na 4ª posição entre vinte países da América Latina e Caribe, e na 2ª posição entre os BRICs (Rússia, Índia, China e África do Sul).

Alguns pontos interessantes do estudo mostram que a adoção da internet fixa no País é de 10%, enquanto a Suíça, que tem o maior nível, é de 43,4%. As assinaturas de telefonia móvel no Brasil contabilizam um valor alto, 134%. No entanto, Hong Kong, o país com mais acessos móveis, tem 229%. A penetração da internet móvel é de 35% em terras brasileiras, contra 112% na Arábia Saudita.

Os números mostram que o País se encontra em um nível intermediário de conectividade, assim como a maioria dos países latino-americanos, como Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, Venezuela, entre outros.

Compartilhar: