Cachaça brasileira João Andante perde processo para Johnnie Walker

Marca brasileira vai parar a produção e lançará nova aguardente

Cachaça João Andante vai sair do mercado. Foto: Divulgação
Cachaça João Andante vai sair do mercado. Foto: Divulgação

A cachaça mineira João Andante está encerrando a produção e venderá as últimas unidades do estoque antes de acabar com a marca, segundo informações publicadas nesta quinta-feira. A marca brasileira perdeu um processo no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) no qual a marca inglesa Johnnie Walker a acusava de plágio.

Em 2011, a holding Diageo, dona da marca Johnnie Walker, abriu um processo pedindo que o registro concedido pela empresa para o uso da marca em agosto de 2010 fosse revisto.

Os nomes das marcas são semelhantes uma vez que, traduzida para o português, a palavra Walker significa andador ou andante, e os símbolos utilizados pelas duas empresas são desenhos de homens andando, embora no uísque a imagem seja de um lorde inglês e na cachaça o retratado seja o jeca, conforme expressões mineiras. Segundo a reportagem, a marca brasileira vai lançar uma nova aguardente, batizada agora como O Andante.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade