Caixa investe R$ 100 mi em clubes do Brasil e não coloca clubes potiguares na lista

Dados oficiais de acordo com a Lei Geral de Acesso à Informação, mostram que até o momento a Caixa investe R$ 94,4 milhões nos clubes brasileiros

Flamengo, de Alecsandro, e Vasco, de Pedro Ken, recebem R$ 40 milhões da Caixa. Foto: Divulgação
Flamengo, de Alecsandro, e Vasco, de Pedro Ken, recebem R$ 40 milhões da Caixa. Foto: Divulgação

Prestes a fechar contratos com a dupla catarinense Figueirense e Avaí, a Caixa Econômica Federal deve assim superar o investimento de R$ 100 milhões nos clubes brasileiros dentro do ciclo de um ano. Dessa forma, o número de equipes com as camisas patrocinadas pelo banco do governo passará a ser de doze.

Dados oficiais de acordo com a Lei Geral de Acesso à Informação, mostram que até o momento a Caixa investe R$ 94,4 milhões nos clubes brasileiros. Os três principais contratos são com o Corinthians (R$ 30 milhões por peito e costas acima durante um ano), Flamengo (R$ 25 milhões por peito durante um ano) e Vasco (R$ 15 milhões por peito e costas abaixo por dez meses).

Segundo informações da própria Caixa, os contratos com Avaí e Figueirense estão em fase final de negociação. Os valores devem ser enquadrados em uma terceira categoria, logo abaixo dos R$ 6 milhões pagos para Atlético-PR, Coritiba e Vitória. A dupla catarinense, possivelmente, seria equiparada a Atlético-GO e Paraná Clube.

“A Caixa é um banco comercial e atua no mercado financeiro, altamente competitivo. A empresa pretende liderar o acesso ao mercado de serviços financeiros e bancários”, informou o banco em comunicado. “O patrocínio ao futebol consiste na oportunidade de proporcionar, além do expressivo retorno de mídia, uma infinidade de ações de relacionamento e negociais”, explicou.

Além dos clubes de futebol, a Caixa destina recursos à Confederação Brasileira de Atletismo, ao Comitê Paraolímpico Brasileiro, à Confederação Brasileira de Ginástica e à Confederação Brasileira de Lutas Associadas.

Caixa Econômica Federal deve superar R$ 100 milhões em clubes brasileiros*:

ASA de Arapiraca-AL – R$ 1 milhão por 1 ano
Atlético-GO – R$ 2,4 milhões por 10 meses
Atlético-PR – R$ 6 milhões por 1 ano
Chapecoense-SC – R$ 1 milhão por 1 ano
Corinthians-SP – R$ 30 milhões por 1 ano
Coritiba-PR – R$ 6 milhões por 1 ano
Flamengo-RJ – R$ 25 milhões por 1 ano
Paraná Clube-PR – R$ 2 milhões por 1 ano
Vasco-RJ – R$ 15 milhões por 10 meses
Vitória-BA – R$ 6 milhões por 1 ano

* Avaí-SC e Figueirense-SC negociam para assinar nos próximos dias
Obs.: Há diferenças entre propriedades da camisa nos contratos

Fonte: Terra

Compartilhar: