Câmara aprova aumento para engenheiro e arquitetos do município

A medida representa um acréscimo de 28% sobre o vencimento básico da categoria

De acordo com Protásio, o aumento visa corrigir distorções decorrentes do acúmulo de perdas salariais nos últimos anos. Foto: Divulgação
De acordo com Protásio, o aumento visa corrigir distorções decorrentes do acúmulo de perdas salariais nos últimos anos. Foto: Divulgação

O Plenário da Câmara Municipal de Natal aprovou na sessão ordinária de ontem (28), em primeira discussão, proposta da Prefeitura que concede reajuste salarial para engenheiros e arquitetos do quadro efetivo do Município. A medida representa um acréscimo de 28% sobre o vencimento básico da categoria.

A vereadora Amanda Gurgel (PSTU), que deu parecer favorável à matéria, avaliou a iniciativa. “Sim, sou a favor porque luto pela valorização do servidor público. Porém, os servidores municipais da Saúde reivindicam 18% de reajuste, mas o prefeito oferece apenas 5%. Defendo que todos os trabalhadores recebam a mesma atenção”.

De acordo com o líder da bancada governista, vereador Júlio Protásio (PSB), o aumento visa corrigir distorções decorrentes do acúmulo de perdas salariais nos últimos anos. “A intenção é melhorar o desempenho da gestão. Nessa perspectiva, o Executivo está disposto a negociar para encontrar soluções satisfatórias para cada segmento do funcionalismo público”, afirmou.

No total foram aprovados 10 projetos de lei, sendo seis em primeira votação e outros quatro em segunda. As matérias abrangem áreas como saúde, educação, infraestrutura e cultura.

Passe Livre

O debate sobre o Projeto de Lei da Prefeitura que propõe transporte público gratuito para os estudantes da rede pública de ensino em Natal continuará na sessão desta quinta-feira (29). Foi interrompido para que os vereadores pudessem participar de uma reunião com o titular da SME, Cipriano Maia Vasconcelos, e representantes dos servidores da Saúde que estão em greve.

Compartilhar:
    Publicidade