Câmara Municipal cobra saneamento básico para Zona Norte de Natal

Programa Sanear RN lançado pelo Governo do Estado pretende levar saneamento básico para toda cidade de Natal

Foto: Marcelo Barroso
Foto: Marcelo Barroso

A Câmara Municipal de Natal realizou nesta quarta-feira (21) uma audiência pública para discutir a questão do saneamento básico da Zona Norte da capital potiguar. A iniciativa foi proposta pelo vereador Aroldo Alves (PSDB).

Participaram dos debates, representantes da Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern), da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), da Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban) e das Secretarias Municipais de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sempla) e de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi).

“O saneamento básico deveria ser prioridade, pois promove saúde e qualidade de vida para população. Mas os governantes negligenciam a área porque acreditam que não rende resultados eleitorais. Todavia, essa mentalidade precisa mudar através do compromisso com a coletividade”, defendeu o vereador Aroldo Alves, informando que penas 3% do espaço urbano da Zona Norte de Natal é saneado.

De acordo com o gerente da Regional Natal Norte da Caern, Ricardo Cesar Marinho, os investimentos realmente foram escassos em outras gestões, porém, o Programa Sanear RN lançado pelo Governo do Estado pretende levar saneamento básico para toda cidade de Natal. Segundo ele, a ação encontra-se em processo licitatório.

“Quando terminar essa fase, será emitida uma ordem de serviço para a empresa vencedora com prazo de 24 meses para concluir a obra. A previsão é que os trabalhos sejam iniciados ainda este ano”, explicou. “No momento estamos pondo em prática um projeto de esgotamento sanitário do bairro da Redinha, investimento de 15 milhões”, completou.

Compartilhar:
    Publicidade