Camerata de Vozes e Orquestra Sinfônica apresentam Concerto

A agenda cultural da Secretaria Extraordinária de Cultura do RN e Fundação José Augusto de 2013 será encerrada com espetáculos de música e dança na Catedral e no Teatro Alberto Maranhão

O evento é gratuito e está gerando ótimas expectativas quanto ao repertório escolhido, nos dando a certeza de uma linda noite antecipada de natal. Fonte: Assessoria
O evento é gratuito e está gerando ótimas expectativas quanto ao repertório escolhido, nos dando a certeza de uma linda noite antecipada de natal. Foto: Assessoria

Dois grandes espetáculos natalinos serão apresentados neste final de semana em Natal pelos mais expressivos grupos oficiais da Cultura do RN. Na sexta, dia 20, a partir das 20h, a Orquestra Sinfônica do RN, sob a batuta de Linus Lerner, e a Camerata de Vozes, regida por Padre Pedro Ferreira, realizam o grande Concerto Natalino na Catedral Metropolitana de Natal. O evento é gratuito e está gerando ótimas expectativas quanto ao repertório escolhido, nos dando a certeza de uma linda noite antecipada de natal. No sábado, OSRN volta ao TAM com Cia. de Dança para O Quebra-nozes Contemporâneo.

O Concerto Natalino do dia 20 começa com OSRN executando o clássico Feliz Natal, de Guedes Peixoto, seguido de Dança da Fada Açucarada, do Ballet Quebra Nozes, de Tchaikovsky. Depois, terá a música The Lord’s Prayer, de Albert Hay Malotte, com solo do barítono José Fernandez. O repertório de ballet volta com Valsa das Flores, outro número do Quebra Nozes.  Por fim, Festival de Natal, de Leroy Anderson, e a grande Alleluia (Messias), de George Frideric Handel.

Formada em junho de 2012, sob a regência de Padre Pedro (fundador há 25 anos do Coral Canto do Povo), a Camerata de Vozes do RN é a primeira experiência do regente com música de câmera. Esse tipo de conjunto vocal executa repertório da literatura vocal camerística, caracterizando-se como um estilo peculiar. O coro formado por 36 cantores vai apresentar Ave Maria Stella (Palestrina), Dostóyno Yes (Tchaikovsky), Stabat Mater (autor desconhecido, harmonização do Pe. Pedro). O módulo erudito será completo com Agnus Dei – Dona Nobis Pacem, de Lizst e Pedro Ferreira.

A Camerata, que tem Alzeny Melo como preparadora vocal, e Francisco José de Araújo Alves como coordenador, incluiu um recorte popular com O Galo Cantou (reisado), Ponteio (Edu Lobo e Capinan), Tem gato na tuba (Braguinha), encerrando com Christus Natus (D. Bartolucci).

No sábado, a Cia. de Dança encena pela segunda vez O Quebra-Nozes em versão contemporânea, com coreografia inédita assinada por Juarez Moniz. O acompanhamento ao vivo da Orquestra Sinfônica é uma novidade que só tem atestado o inusitado da nova versão de Tchaikowski. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro ao preço de R$ 20 (inteiro) e R$ 10 (estudantes e idosos). Os dois espetáculos.

 

Fonte: Assessoria

Compartilhar: