Caminhada mensal contra a dor acontece neste sábado em Natal

Ação da Campanha Pare a Dor ocorre desde 2009 em todo o País e orienta gratuitamente quem sofre de dores crônicas; concentração será no Parque das Dunas

Foto: Diuvlgação
Foto: Diuvlgação

A caminhada Pare a Dor em Natal está confirmada para o próximo sábado, 31 de maio, às 15h30. A ação, idealizada pela Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED), atende gratuitamente pessoas que sofrem de dores crônicas. A caminhada na capital potiguar tem saída do Parque das Dunas (Bosque dos Namorados) e, para participar, basta comparecer ao local, preencher uma ficha e retirar a camiseta da campanha para usar durante o percurso.

Uma equipe de profissionais de saúde – fisioterapeutas, enfermeiros, professores de educação física – acompanhará todo o trajeto e orientará os caminhadores quanto aos benefícios da atividade. Ao final, acontecerá uma série com alongamentos. A ação já percorre várias capitais e cidades brasileiras desde 2009, como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Curitiba, Florianópolis, entre outras.

“A dor aguda é um sintoma de algo que acontece no corpo. A que já dura mais de três meses, por sua vez, é considerada dor crônica, uma própria doença do indivíduo, e pode causar consideráveis danos à qualidade de vida”, explica a enfermeira Waleska Jessiane, uma das profissionais de saúde que estarão presentes na caminhada de Natal. A ação acontece com o apoio da Zodiac Produtos Farmacêuticos.

A missão das caminhadas é melhorar a qualidade de vida de quem sofre de dores crônicas. Para isso, a orientação sobre quais os tratamentos mais corretos – que podem ser simples, dependendo do nível de dor que a pessoa tem – é muito importante. A dor crônica já atinge 30% da população mundial, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), e mais de 60 milhões de pessoas no Brasil, conforme a SBED.

Os exercícios físicos acompanhados por profissionais ajudam a minimizar a dor, pois tem potencial de liberar analgésicos que nosso organismo produz, mas a atividade tem que ser regular para gerar resultado. “Exercícios de alongamento e fortalecimento leve são muito importantes para gerenciar a dor crônica, sempre dentro da tolerância do paciente”, explica a fisioterapeuta Mariana Schamas, que participa das ações em São Paulo.

Fonte médica do Pare a Dor:

Médico Levi Jales

Enfermeira Waleska Jessiane

Serviço:

Caminhada Pare a Dor
Cidade: 
Natal (RN)
Quando: 
Sábado, 31 de maio, às 15h30

Local: Parque das Dunas (Bosque dos Namorados)

Endereço: ponto de encontro na Av. Alexandrino de Alencar, s/nº, Tirol

Para participar, basta comparecer ao local no horário indicado.

Compartilhar: