Campanha de vacinação contra a gripe começa hoje em todo País

Mobilização vai até dia 9 de maio nos postos de saúde do Brasil

Vacina protege contra os vírus das chamadas gripe A/H1N1, gripe H3N2 e B. Foto: Divulgação
Vacina protege contra os vírus das chamadas gripe A/H1N1, gripe H3N2 e B. Foto: Divulgação

A campanha de vacinação contra a gripe começa nesta terça-feira (22) em todo o Brasil e vai até dia 9 de maio. A mobilização nacional será dia 26 de abril, de acordo com o Ministério da Saúde.

Neste ano, serão vacinadas crianças de seis meses a cinco anos. Até o ano passado a campanha incluía apenas crianças de até dois anos. Serão distribuídas 53,5 milhões de doses da vacina disponíveis em 65 mil postos de vacinação em todo o Brasil.

A mobilização de 2014 prioriza idosos, gestantes, mulheres em período de puerpério (até 45 dias após o parto), índios, profissionais de saúde e doentes crônicos, somando quase 50 milhões de pessoas.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina protege contra os vírus das chamadas gripe A/H1N1, gripe H3N2 e B. A infectologista Rosana Richamn explica que que “influenza é um vírus de fácil transmissão”, atinge pessoas em qualquer faixa etária e sobrevive até 24 horas no ambiente.

Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Para o professor José Cássio de Moraes, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a melhor forma de afastar o risco de gripe é tomar a vacina.

“O vírus da gripe não tem preconceito, atinge todas as idades e classes sociais. Embora o governo contemple apenas o grupo de risco, a vacina é indicada para todas as idades a partir de seis meses”.

Vacina não causa gripe

Segundo os especialistas, a vacina leva 14 dias para começar a fazer efeito e não provoca reações graves. As mais comuns são dor ou vermelhidão no local de aplicação. Para aqueles que não acreditam na imunização por acharem que causa gripe, Rosana faz um alerta.

“É impossível causar gripe porque a vacina é produzida com vírus morto, ou seja, inativo. Se a pessoa ficar gripada nas duas semanas após a vacinação, provavelmente já estava com o vírus incubado.

Fonte: R7

Compartilhar: