Campanha Praia Segura orientou mais de 4 mil pessoas no fim de semana

Ação preventiva reúne representantes de diversos órgãos públicos e voluntários

Campanha foi um sucesso e contou com a apoio de voluntários. Foto;Divulgação
Campanha foi um sucesso e contou com a apoio de voluntários. Foto;Divulgação

A Campanha Praia Segura iniciada no último sábado (4) na Região Metropolitana de Natal tem o objetivo de prevenir turistas e veranistas contra afogamentos e acidentes durante o verão. Na primeira Blitz Educativa, realizada no “Trevo de Estivas”, na BR 101, rota do litoral norte do Estado, foram orientadas mais de 4 mil pessoas e abordados cerca de mil veículos. A ação realizou a distribuição de panfletos com orientações preventivas e entregou pulseiras de identificação para crianças que seguiam para as praias.

De acordo com o Coronel Elizeu Lisboa Dantas, Comandante Geral do CBMRN, a Campanha Praia Segura é um exemplo de que com uma maior integração de todos os entes (Município, Estado e União) e a mobilização da sociedade é possível garantir mais segurança e, consequentemente, um verão melhor.

“A Campanha Praia Segura é um exemplo de que quando trabalhamos integrados ficamos mais fortes. Estou impressionado com a receptividade da sociedade e a satisfação dos voluntários que participaram desta ação pró-ativa. A ideia é evitar que o acidente aconteça fortalecendo a prevenção. A Campanha Praia Segura também salva vidas!”, destacou o Comandante do CBMRN.

Ao todo participaram da Blitz Educativa 50 profissionais incluindo Bombeiros, Policiais Militares do Destacamento de Extremoz, Rodoviários Federais e Civis, socorristas do Samu 192/RN, além de voluntários da Academia Pré Militar Carcará.

Na quarta-feira (08), às 9 horas, haverá uma reunião de avaliação e planejamento, no Quartel do Comando Geral do CBMRN para definir os detalhes das próximas ações que estão previstas para ocorrer nos dias 11 e 18 de janeiro.

Em 2013, a Campanha Praia Segura orientou mais de 46 mil pessoas, abordou 9.121 veículos, distribuiu 29.212 panfletos com dicas de segurança e ainda identificou 14.998 crianças com pulseirinhas da ação “Criança à Vista”.

Fonte:Assessoria

Compartilhar: