Canal 1 – Televisão

Acerto do Gugu com a Record é muito mais amplo Existem certos detalhes que ainda restam ser colocados neste novo…

Acerto do Gugu com a Record é muito mais amplo

Existem certos detalhes que ainda restam ser colocados neste novo acordo da Record com Gugu Liberato ou, como preferem alguns, com a GGP, empresa do próprio apresentador.

Já é grande a movimentação do setor técnico da emissora nas instalações da produtora. Testes de micro-ondas e fibra ótica estão sendo realizados, para transmissões ao vivo, como novo indicativo do que poderá vir por aí.

Os dois estúdios existentes poderão ser utilizados para geração de conteúdo da própria Record, funcionando como base de apoio aos trabalhos realizados na Barra Funda.

A ideia, de acordo com o plano fechado, é otimizar o seu funcionamento para realização de programas, tanto com a participação direta do próprio Gugu como de outros, terminando por desafogar a demanda atual da linha de shows. E algo que também acabará com a necessidade de recorrer a tipos de acertos, como recentemente foram feitos com a Quanta ou com a Prefeitura de Paulínia.

TV Tudo

Está faltando alguém – 1

Ainda são enormes os prejuízos da Rede TV! por não se valer de um bom diretor de programação. Aquele alguém que sabe se utilizar de determinados artifícios para beneficiar os próprios resultados de audiência.

Hoje nenhuma televisão pode prescindir de um profissional com esta especialidade.

Está faltando alguém – 2

A Rede TV!, por falta deste alguém, insiste em estender os intervalos interprogramas. Às vezes em até 5 ou 6 minutos de duração.

Nenhuma outra emissora comete falha parecida ou pratica tal interrupção. A saída de um tem que ser emendada na entrada do outro. É assim que funciona.

Em curso

A produção da Eliana, do SBT, está com uma negociação bem avançada para gravar um ou dois programas em Israel.

E transformá-los em especiais, para exibições no final do ano.

Como é a vida

As transmissões dos campeonatos de futebol da Espanha e Inglaterra são os mais disputados pelas emissoras fechadas, que pagam fortunas pelos seus direitos de exibição.

Curiosamente foram os dois países que mais decepcionaram neste mundial. Daí a necessidade de sempre se valerem, e cada vez mais, dos craques de fora.

Outro detalhe

Muitos por aqui, mais acostumados com a bola local, têm estranhado o jogo pra frente, praticado pela maioria das grandes seleções.

Os principais campeonatos europeus, transmitidos pelos canais fechados, há algum tempo vinham mostrando isso.

Tentativa

A Rede TV! está se movimentando para exibir um infantil diário na sua programação.

Vai na contramão de outras emissoras, que desistiram ou estão desistindo de realizações do tipo pela forte concorrência das emissoras fechadas.

De qualquer maneira…

A ideia em jogo é colocar um trabalho diferente no ar, para provocar o público infantil a fazer o sentido inverso e encontrar numa emissora aberta algo que possa fazer frente aos canais do cabo.

Nada disso, no entanto, envolve qualquer negociação com os palhaços Patati Patatá. O assunto com eles foi encerrado.

Depois da Copa

Como tantas outras coisas, a retomada de negociações para a produção do “Green Team” só deverá acontecer depois da Copa do Mundo.

É o programa que irá reunir Lawrence Wahba, Richard Hasmussen, Guga Rocha, Alexandre Rossi, Celso Cavallini, Sérgio Rangel e Manu Karsten. Já existiram conversas com a Band e Rede TV!.

Sacada da Globo

Fernanda Gentil, uma vez mais, tem se destacado na cobertura da TV Globo, acompanhando a seleção brasileira.

É uma realidade das mais interessantes e com futuro promissor pela frente. Internamente já se fala até em uma experiência inédita com ela como narradora, e que acabaria em uma quebra de tabu. É até hoje uma função só desempenhada por homens.

Mas, será? – 1

Está rolando um papo de bastidor muito forte sobre um suposto interesse da Record no passe de Caio Castro.

A ideia seria tirar vantagem da turbulência que acabou envolvendo o ator e a direção da Globo nos últimos meses, por se recusar a fazer novos trabalhos.

Mas, será? – 2

Caio Castro, para todos os efeitos, será um dos protagonistas de “Lady Marizete”, na fila das 19h, que estreia em abril na Globo, mas agora no esquema de contrato por obra.

E é por aí que a Record, segundo comentários, pretende tirar proveito. Curioso é que essa informação aparece no momento em que a emissora está provocando forte enxugamento na sua teledramaturgia.

Bate – Rebate 

“Em Família” tem merecido diversas chamadas no futebol da Globo na Copa do Mundo…

… É mais uma tentativa de elevar a sua audiência.

Por causa da próxima novela, Fernando Pelégio e Reynaldo Boury, diretores do SBT, passaram alguns dias na Argentina.

Bandeirantes está esperando a volta ao Brasil da Ana Paula Padrão para assinar contrato…

… Antes de viajar, ela deixou tudo conversado, acertado, mas nada assinado.

Já quase um veterano no rádio, Silva Junior é a melhor revelação como narrador de televisão nos jogos da Copa do Mundo…

… Ele continua na rádio Globo – SP, mas tem aparecido muito bem nas transmissões do Fox Sports. Tem o tempo da TV.

Globo e Band, alterando os planos, cogitam deixar de transmitir, ao vivo, jogos entre seleções desclassificadas.

Depois da Copa do Mundo, chegará ao mercado o primeiro CD solo da menina Larissa Manoela pela Teckdisc…

… Destaque para “Te gosto tanto”, que está na trilha de “Chiquititas”, e “Papel de parede”. Como atriz, ela está na espera de novo trabalho no SBT.

A política de enxugar o casting de atores, colocada em prática na Record, também vai atingir o pessoal da sua nova produção, “Vitória”.

Contratos não serão renovados, mas, os que saírem, poderão voltar, em futuros trabalhos. Por obra.

C´est fini

Atendendo convite do King’s College, de Londres, Adalberto Pioto irá apresentar, nesta segunda-feira, o filme “Orgulho de Ser Brasileiro” na capital inglesa, dentro das instalações da própria universidade.

A exibição será antes do jogo do Brasil, com um debate após.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Compartilhar:
    Publicidade