Cantor gaúcho é condenado por beijar orelha de homem em show

Além de ter recebido o "chupão", ele disse ter ouvido uma proposta de sexo oral.

Jonathan Corrêa, vocalista da Reação em Cadeia. Foto: Divulgação
Jonathan Corrêa, vocalista da Reação em Cadeia. Foto: Divulgação

A banda Reação em Cadeia deu o que falar em uma feira realizada recentemente em Barros Cassal, no Rio Grande do Sul. Durante a apresentação do grupo no evento, o vocalista Jonathan Corrêa desceu do palco, sentou no colo de um homem que estava na plateia e deu um “chupão” em sua orelha. Por considerar a atitude ofensiva e constrangedora, o espectador entrou na Justiça e venceu uma ação por danos morais. Agora, ele deve receber R$ 12,4 mil do músico como indenização.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (3) no site oficial do Tribunal de Justiça do Estado. Segundo a notificação, o momento do “assédio” foi clicado por fotógrafos locais, que publicaram as imagens em um jornal da cidade, fazendo com que a vítima se tornasse alvo de mais “chacotas” e “piadas”.

Ainda segundo o texto, o homem alegou que acredita que o cantor se exaltou quando ele, como reprovação ao show, fez um sinal de negativo com o polegar para baixo. Além de ter recebido o “chupão”, ele disse ter ouvido uma proposta de sexo oral.

Fonte: Terra

Compartilhar: