Cantor Leonardo é detido no aeroporto ao tentar embarcar com munição

Sertanejo foi liberado depois de pagar fiança de R$ 10 mil

O cantor Leonardo Foto: Cristiano Borges / Jornal O Popular / Agência O Globo
O cantor Leonardo Foto: Cristiano Borges / Jornal O Popular / Agência O Globo

O cantor Leonardo foi detido por policiais federais, na última sexta-feira, dia 31, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, ao tentar embarcar com 22 cartuchos de munição 22, calibre que não é de uso proibido. O problema é que o sertanejo não tinha autorização para o transporte do material. Leonardo ficou detido numa sala da Polícia Federal até que o registro de ocorrência fosse feito. Ele foi liberado em seguida, depois de pagar uma fiança de R$ 10 mil. A assessoria de imprensa do cantor ainda não e pronunciou sobre o episódio.

t324t3

Em nota, a Polícia Federal confirmou a detenção de um cantor sertanejo, mas não divulgou o nome, segundo o órgão, “em razão da política de Comunicação Social da Polícia Federal e dos preceitos constitucionais e legais vigentes, como é praxe, não foi autorizado e nem serão divulgados nome, nem imagens do referido preso; nem serão prestadas informações adicionais sobre o episódio.”

43t34t3

A íntegra do informe:

“A Comunicação Social da Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal confirma a prisão de um cantor de música sertaneja na noite de sexta-feira, dia 31/01/2014, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek (Brasília/DF), em razão de porte de 22 cartuchos de munição de calibre permitido (Calibre .22), sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar (art.14 do Estatuto do Desarmamento – Lei nº 10.826).

O referido detido foi colocado em liberdade após a lavratura do procedimento policial e o pagamento de fiança.

Em razão da política de Comunicação Social da Polícia Federal e dos preceitos constitucionais e legais vigentes, como é praxe, não foi autorizado e nem serão divulgados nome, nem imagens do referido preso; nem serão prestadas informações adicionais sobre o episódio.”

 

 

Fonte: Extra/Globo

Compartilhar:
    Publicidade