Cantor Sting decide não deixar fortuna aos filhos: “eles precisam trabalhar”

Segundo o cantor, ele e sua mulher levam uma vida sem economia

o-cantor-e-compositor-britanico-sting-1256560079029_956x500

Se os filhos de Sting contavam com toda a fortuna que herdariam do cantor, agora já não contam mais. Em entrevista ao UK Mail, o músico, que acumula cerca de £ 180 milhões (aproximadamente R$ 680 milhões), declarou que seus seis herdeiros não ganharão muito dinheiro depois de sua morte, pois ele e sua mulher, Trudie Styler, levam uma vida muito luxuosa e sem economia.

“Eu disse a eles que não sobrará muito, pois estamos gastando. Temos muitos compromissos. O que entra, nós gastamos. Eles precisam trabalhar. Todos eles sabem disso e raramente me pedem algo, o que eu gosto”, disse o ex-vocalista do Police.

Segundo o britânico, o início de sua carreira incluiu shows em pubs por £ 10, o que o fez dar valor ao dinheiro e o deixou mais forte e determinado. Apesar da declaração, ele não negaria ajuda a nenhum dos filhos. “Mas eu nunca tive de fazer isso. Eles têm essa ética de trabalho que os faz crescer com seu próprio mérito”.

Os filhos mais velhos de Sting, Joseph e Fuchsia, de 37 e 32 anos, são frutos do seu casamento com a primeira esposa, Frances Tomelty. Com a atual mulher, o cantor teve Brigitte, 30, Jake, 29, Elliot, 23, e o mais novo Giacomo, de 18.

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade