Capitão da seleção se põe à disposição para ‘morrer’ por Neymar

O capitão admite o posto de favorito da seleção de Felipão e acredita que um possível título no Mundial poderia aliviar a situação do povo brasileiro, lembrando as manifestações durante a Copa das Confederações no ano passado

Zagueiro Thiago Silva é o capitão da seleção de Felipão. Foto:Divulgação
Zagueiro Thiago Silva é o capitão da seleção de Felipão. Foto:Divulgação

O zagueiro e capitão da seleção brasileira, Thiago Silva, mostrou em entrevista à revista semanal do jornal francês “L’Equipe” a importância que Neymar tem para a equipe de Luis Felipe Scolari.

“Se tenho que correr por Neymar, correrei. Se tenho que morrer por Neymar, também o farei”, afirmou o defensor do PSG, da França.

Para o zagueiro, o poder de decisão de Neymar faz valer o sacrifício e que o atacante, legítimo representante do futebol-arte, pode dar a vitória ao time a qualquer momento da partida.

Thiago Silva também exaltou o bom ambiente entre os jogadores e afirmou que nada pode abalar o grupo a poucos meses da Copa do Mundo.

“Não há nada capaz de quebrar o bom ambiente. Um pode ganhar mais dinheiro, o outro ser mais bonito, que se sinta melhor. Mas não há clima ruim”, revelou Thiago.

O capitão admite o posto de favorito da seleção de Felipão e acredita que um possível título no Mundial poderia aliviar a situação do povo brasileiro, lembrando as manifestações durante a Copa das Confederações no ano passado.

“Todos queremos um Brasil melhor. Não nos deixamos impregnar por este clima, mas nossa forma de ajudar a ter um país melhor era formar um time de caráter e que poderia ganhar a competição”, analisou Thiago, que fugiu das perguntas sobre os atrasos na entrega dos estádios da Copa.

Fonte:Bol

Compartilhar:
    Publicidade