Caraubense acusado de liderar quadrilha de assaltantes de bancos é preso em Alagoas

Atuação do grupo é semelhante ao de Valdetário Carneiro; Roubam agências bancários em cidades no Interior e comemoram com tiros

wpid-img-20140626-wa0003

Agentes da DRE/DEIC, sob o comando do Diretor Paulo Cerqueira e do delegado Guilherme Lusten, prenderam Evanaldo Galdino da Silva, 32 anos, natural de Caraúbas, na região do Alto Oeste Potiguar. Trata-se de um assaltante de bancos procurado por uma força-tarefa liderada pela PF, há pelo menos 4 anos.

Segundo a polícia, o acusado é considerado um dos líderes da modalidade de roubo chamada de”novo cangaço”, pois tomam cidades do interior do Brasil, durante o dia, fazendo muitos reféns e limpam os cofres dos bancos, em algumas vezes até duas agências simultaneamente.

O bandido levava uma vida normal na idade de Arapiraca, usando nome falso de Leandro Henrique Dantas da Silva, onde é proprietário de três casas, caminhonete de luxo, uma chácara avaliada em R$ 500.000,00 em Taquarana e até um caminhão caçamba, avaliado em R$ 130.000,00 – que era usado no transporte de armas para as proximidades dos locais onde os roubos seriam praticados, sem levantar suspeitas.

wpid-img-20140626-wa0005

Evanaldo, foi identificado e localizado, pelos agentes da DEIC, no inicio deste ano. “Como Arapiraca era a sua ‘zona de conforto’, nunca cometeria crimes no Alagoas – fato que mudou com a investida nos bancos de Mata Grande, Boca da Mata, Igaci e Santana do Mundaú, onde verificamos a mudança do modus operandi, onde deixaram de atacar os terminais de auto-atendimento  e passaram a explodir o cofre da agência”, disse um investigador.

wpid-img-20140626-wa0004

A organização da quadrilha e tipo de armamento  melhorou consideravelmente, passando a utilizar fuzis 5.56 e 7.62. com o tempo, a polícia identificou Evanaldo, como sendo o líder dos ataques criminosos, o que culminou com uma rápida prisão do caraubense. As investigações continuam na intenção de prender os demais integrantes e apreender o armamento utilizado.

Compartilhar:
    Publicidade