Carlinhos Brown e Lulu Santos receberam R$ 550 mil cada para cantar no Réveillon

Lulu e Brown tiveram os cachês mais altos da virada carioca – R$ 550 mil cada um

Artistas estão em evidência por causa do The Voice Brasil. Foto:Divulgação
Artistas estão em evidência por causa do The Voice Brasil. Foto:Divulgação

Na cotação do Réveillon do Rio, um Carlinhos Brown e um Lulu Santos valem três vezes mais do que uma Beth Carvalho ou um Nando Reis.

Em evidência por conta da participação no reality show “The Voice Brasil”, Lulu e Brown tiveram os cachês mais altos da virada carioca – R$ 550 mil cada um. Eles se apresentaram no palco principal, em frente ao Copacabana Palace, nos horários nobres: o cantor carioca tocou imediatamente antes da virada (a partir de 22h20) e o baiano, logo após a queima de fogos (0h16).

Brown também participa como compositor da trilha sonora do desenho “Rio 2″, que estará sendo promovido pela prefeitura da cidade durante a festa em Copacabana. O baiano originalmente faria uma apresentação de apenas uma hora, mas seu show foi prolongado para cobrir a ausência do americano will.i.am, que chegou a ser anunciado pelos organizadores, mas afirmou não ter assinado contrato.

Nando Reis, que também tocou no palco principal (20h10), teve o segundo cachê mais alto da festa (R$ 180 mil), seguido pela sambista Beth Carvalho, que tocou no palco em frente à rua Santa Clara e receberá R$ 160 mil.

Num patamar inferior estão atrações como o cantor Sylvinho Blau Blau, que recebeu R$ 35 mil por cantar no mesmo palco que Beth Carvalho, o cantor Bebeto e o grupo Golden Boys – estes dividiram R$ 60 mil pela apresentação em Pedra de Guaratiba (zona oeste) e na Penha (zona norte), respectivamente.

A Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (RioTur) pagou ainda R$ 60.350 ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), por conta dos direitos autorais das canções que foram executadas durante a festa.

Fonte:FSP

Compartilhar: