Carlos Eduardo anuncia nesta 5ª feira o percentual de aumento dos servidores

Dizendo exercer "um mandato revolucionário", Amanda Gurgel decidiu que não será candidata nas eleições deste ano


A vereadora Amanda Gurgel, do PSTU, afirmou apoiar a emenda. Foto: Divulgação
A vereadora Amanda Gurgel, do PSTU, afirmou apoiar a emenda. Foto: Divulgação

Joaquim Pinheiro

Repórter Político

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), vai se reunir com vereadores da oposição e da base aliada na tarde de amanhã para anunciar o percentual de aumento que será concedido aos servidores municipais efetivos, dentro das condições financeiras da municipalidade. Antes, o prefeito apresentará aos vereadores de Natal e posteriormente aos representantes dos sindicatos, Sinsenat – Sindicato dos Servidores de Natal, Sindas – Sindicato dos Agentes de Saúde e Sindsaúde – Sindicato dos Servidores da Saúde do Rio Grande do Norte, a real situação das finanças municipais. “O governo abriu o debate e isso é muito importante para todas as categorias e para os vereadores de oposição e situação, também”, ressalta o vereador Ubaldo Fernandes, do PMDB e da base aliada do governo municipal.

Sobre a emenda aprovada pelos vereadores na tarde da última terça-feira, Ubaldo Fernandes afirmou que a mesma vincula a validade da Reforma Administrativa á data base da categoria dos servidores municipais. “Com esse entendimento a pauta dos trabalhos da Câmara Municipal de Natal não ser trancada”, disse o vereador, acrescentando que o compromisso dos vereadores que compõem a base aliada é de derrubar o veto caso o prefeito decida vetar a emenda. A vereadora Amanda Gurgel, do PSTU, afirmou apoiar a emenda, mas segundo ela, existe uma preocupação com a possibilidade da emenda não ser executada. “Defendo a emenda, mas temos a impressão de que haverá veto, daí a necessidade de estarmos atentos e decididos a votar contra o veto, caso aconteça”, disse Amanda Gurgel.

MANDATO REVOLUCIONÁRIO

Dizendo exercer “um mandato revolucionário”, a vereadora Amanda Gurgel decidiu que não será candidata nas eleições deste ano. “Tenho uma contribuição importante para dar como vereadora, portanto não serei candidata esse ano. Prefiro fortalecer o mandato que considero revolucionário”, ressaltou a vereadora do PSTU, anunciando que o seu partido apresentará os nomes de Dário Barbosa para deputado estadual e Simone Dutra como candidata a governadora.

Segmento evangélico deve eleger primeiro deputado federal no RN

O presidente do PMN, deputado Antonio Jácome, vai se reunir com os demais integrantes do partido amanhã à tarde para definir a nominata que disputará o pleito deste ano na chapa proporcional. Com relação á majoritária, o deputado informa que as conversações estão em curso e brevemente será anunciado o candidato do PMN para o Governo do Estado e para o Senado. “Deveremos ter 15 candidatos a deputado estadual e 2 ou 3 candidatos a deputado federal”, prevê o parlamentar, que será um dos nomes para concorrer à uma vaga na Câmara Federal.

Segundo Antonio Jácome, existe uma grande expectativa no segmento evangélico no sentido de que seja eleito o seu primeiro representantes para a Câmara Federal, já que o potencial eleitoral das diversas denominações no Estado é bastante significativo. O próprio Antonio Jácome já se elegeu vice-governador do Estado, vereador e deputado estadual com votações expressivas. Atualmente, o PMN é representado na Assembleia Legislativa pelo próprio Antonio Jácome, reeleito no último pleito com quase 55 mil votos e na Câmara Municipal de Natal pelo vereador Jacó Jácome, que será candidato a deputado estadual nas eleições de outubro deste ano.

G10

Questionado se o G10 (grupo de 10 ou mais partidos que deverão caminhar unidos na eleição deste ano), o deputado Antonio Jácome esclarece que “o G10 está se subdividindo para em vez de ter 10 ou mais partidos para deputado estadual na mesma coligação tenha 2 coligações com nomes que disputarão mandato de deputado estadual”. Para a chapa majoritária, o G10 ainda não definiu e continuará as conversações, entretanto, nos meios políticos a informação é de que o G10 apoiará a candidatura de Henrique Eduardo, do PMDB. (JP)

Compartilhar: