Casal ataca policiais em pizzaria nos EUA e deixa cinco mortos

Caso ocorreu em Las Vegas, dupla gritou 'isto é uma revolução' enquanto atirava; depois, mulher matou o homem e se suicidou

Policiais choram a perda dos dois colegas que foram mortos em uma pizzaria. Foto: Divulgação
Policiais choram a perda dos dois colegas que foram mortos em uma pizzaria. Foto: Divulgação

Um homem e uma mulher mataram três pessoas a tiros em Las Vegas, nos Estados Unidos, entre elas dois policias. Em seguida, a mulher matou o homem e se suicidou.

O ataque começou em uma pizzaria às 11h30 de domingo (15h30 em Brasília), quando eles dispararam contra os dois policiais que estavam almoçando. O casal, então, entrou em uma loja do Walmart próxima ao restaurante e disparou contra uma pessoa, matando-a também. A polícia diz que não há outros suspeitos do tiroteio.

A mulher atirou no seu companheiro antes de virar a arma contra si mesma, disse o xerife Doug Gillespie, do Departamento de Polícia do Metrô de Las Vegas, em uma coletiva de imprensa.

‘Isto é uma revolução’

Não havia nenhum motivo claro para os tiroteios. No entanto, testemunhas disseram que os agressores gritavam “isto é uma revolução”, quando entraram na Cici Pizza e atiraram nos policiais.

“Eu acho que qualquer caso em que as pessoas são emboscados e alvejadas é perturbador para o público”, disse o porta-voz da polícia Larry Hadfield à agência de notícias Associated Press.

“Nós não sabemos nada sobre os suspeitos e ainda estamos tentando descobrir”, acrescentou.

O governador de Nevada, Brian Sandoval, disse ter ficado arrasado pelos assassinatos de dois policiais – Alyn Beck, 42, e Igor Soldo, 32 – e uma terceira pessoa. Um dos policiais teria reagido na pizzaria; mais tarde houve outra troca de tiros entre a polícia e os suspeitos no Walmart.

“É um dia trágico”, disse o xerife Gillespie. “Nós temos uma comunidade para proteger, vamos fazê-lo com a cabeça erguida.”

Fonte: IG

Compartilhar: