Casal é acusado de trancar o filho autista em gaiola nos Estados Unidos

Criança de 11 anos teria sido presa pelos pais para conter acessos raiva

Tracy Trang Le e Loi Vu foram acusados de trancar o filho em uma gaiola na Califórnia. Foto: Divulgação
Tracy Trang Le e Loi Vu foram acusados de trancar o filho em uma gaiola na Califórnia. Foto: Divulgação

A polícia da cidade de Anaheim, no Estado norte-americano da Califórnia, está investigando um caso de maus tratos a um menino autista de 11 anos. Os pais da criança foram acusados de manter o filho em uma gaiola de ferro, normalmente usada para prender animais, com um colchão dentro, para conter seus acessos de raiva.

Os oficiais encontraram a gaiola na noite de terça-feira (1º), depois que receberam uma denúncia sobre as condições de vida do menino e foram até a casa onde ele morava.

A criança não estava trancada no momento em que os policiais chegaram ao local, porém havia evidências de que a gaiola era usada com frequência, disseram os militares.

O menino parecia estar bem-nutrido e não aparentava sofrer nenhum tipo de violência física, de acordo com informações do jornal americano New York Daily News.

As autoridades ainda não sabem com certeza por quanto tempo a criança era mantida na gaiola. Relatos ouvidos pela polícia falam entre poucas horas e anos.

Os pais, Tracy Trang Le, de 35 anos, e Loi Vu, de 40, tem origem vietnamita e falam inglês com dificuldade, o que estaria atrasando as investigações.

Eles disseram que o menino não se comunica bem e tem explosões violentas frequentemente. Por isso, eles teriam colocado a criança na gaiola, para conter esses acessos de raiva.

O casal foi detido sob suspeita de abuso infantil e cárcere privado.

O menino e seus dois irmãos — de 8 anos e dez anos — foram colocados em abrigos até o final das investigações.

Fonte: R7

Compartilhar: