Casal executa no Planalto usuário de drogas com tiros na cabeça: “Morre desgraçado”

Testemunhas relataram frieza e crueldade do atirador

Foto: Sérgio Costa/PortalBO
Foto: Sérgio Costa/PortalBO

A polícia investiga um crime de morte registrado na noite desta terça-feira (26), no bairro Planalto, zona oeste da capital. O jovem Francisco de Assis Barbosa da Silva, de 18 anos estava conversando com dois colegas na esquina da Rua Araguaiana, no Loteamento Bela Vista quando foi surpreendido por um casal que se aproximou do trio em uma motoneta. De acordo com testemunhas o piloto do veículo desceu e atirou quatro vezes acertando três tiros na vítima que morreu no local.

Uma moradora da localidade relatou que o crime foi cometido de forma fria e cruel. A mulher que terá a identidade preservada disse que o casal passou pelos três rapazes que estavam na esquina, voltou, o homem parou a moto, sacou a arma, atirou três vezes e na última encostou o cano do revólver na nuca de Francisco e disse a frase “Morre desgraçado”. “Foi terrível ver aquela cena, o matador parecia tranquilo demais, ele atirou, subiu na moto, entregou arma para a menina que estava na garupa e saiu sem se preocupar com quem estava vendo”, informou.

O irmão de Francisco esteve no local do óbito e confirmou aos policiais que o jovem era usuário de drogas há muito tempo, mas não praticava delitos. João Batista disse que o irmão trabalhava, mas quando estava sem emprego o vício em maconha era sustentado pela mãe. Policiais da Dehom ( Delegacia especializada de homicídios), fizeram todos os levantamentos, colheram informações que serão utilizadas no inquérito investigativo que apurará a morte de Francisco.

Fonte: Portal BO

Compartilhar: