Caso extraconjugal cria briga entre os proprietários do Google

Caso de Sergey Brin com a gerente de marketing do Google Glass rompeu as estrutura da empresa

Jornal afima que os os cocriadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, não se falam mais. Foto:Divulgação
Jornal afima que os os cocriadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, não se falam mais. Foto:Divulgação

O caso extraconjugal de Sergey Brin, fundador do Google, com a gerente de marketing do Google Glass, Amanda Rosenberg, criou uma rixa de Brin com o cofundador da empresa, Larry Page, e com isso os dois já não se falam mais, informa o NY Daily News. Ainda segundo a publicação, uma fonte ligada aos dois líderes da empresa disse que Page possui uma postura “estritamente ética” e que ficou “muito chateado” com a situação.

A ex-mulher de Brin, Anna Wojcicki, descobriu o caso em 2013. Wojcicki conheceu o executivo em 1998 quando Brin e Page desenvolveram o Google. A irmã de Anna, Susan Wojcicki, é a atual CEO do YouTube, e forneceu a garagem de sua casa para os fundadores do Google montarem o primeiro escritório da companhia.

Na mesma época em que Anna descobriu o caso, Amanda Rosenberg namorava o brasileiro Hugo Barra,  ex-executivo do Google na divisão do Android e hoje vice-presidente da empresa chinesa Xiaomi. Sem saber do caso, Barra pediu que sua namorada fosse morar com ele na China, mas ela negou o pedido e terminou o relacionamento com ele em maio.

Segundo o NY Daily News, Sergey Brin e Anna Wojcicki continuam próximos e casados, e ainda não se sabe se eles vão se reconciliar ou se divorciar.

Amanda Rosenberg, à esquerda, é gerente de marketing do Google Glass. Foto:Divulgação
Amanda Rosenberg, à esquerda, é gerente de marketing do Google Glass. Foto:Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:Terra

Compartilhar: