Ceará terá apoio de mais de 50 mil torcedores na decisão contra o Sport

Na primeira partida, Sport jogando em casa venceu o Ceará por 2 a 0

Castelão estará lotado para a final de hoje da Copa do Nordeste. Foto: Divulgação
Castelão estará lotado para a final de hoje da Copa do Nordeste. Foto: Divulgação

Um dia após conquistar uma vitória histórica na Justiça e ser declarado único campeão brasileiro de 1987, o Sport espera aumentar ainda mais a sua galeria de títulos. Após largar em boa vantagem no jogo de ida da Copa do Nordeste, o Leão da Ilha visita o Ceará, nesta quarta-feira, às 22 horas, no Estádio Castelão, em Fortaleza, que deve receber quase 50 mil torcedores.

No primeiro confronto entre ambos, o time rubro-negro construiu uma importante vantagem, ao vencer por 2 a 0, em Recife. Com isso, poderá perder até por dois gols de diferença, caso marque no mínimo uma vez. O Vozão, por sua vez, terá de ganhar por três ou mais gols. Se vencer por 2 a 0 a disputa irá aos pênaltis.

Caso confirme seu favoritismo, o Sport teria a segunda conquista em menos de dois dias. Nesta terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou o Leão como o único campeão brasileiro de 1987, em detrimento do Flamengo.

Este também seria o terceiro título rubro-negro na Copa do Nordeste. Taça esta que isolaria o time como segundo maior campeão do torneio, com três títulos, atrás do Vitória (cinco) e à frente do Bahia (dois). O Ceará, até hoje, teve como melhores colocações os quartos lugares de 1997 e 2013.

Mistério alvinegro

O clima no Ceará, nesta terça-feira, foi de mistério total. O técnico Sérgio Soares realizou uma parte do treino com portões fechados, o que aumentou o mistério em torno do substituto do volante João Marcos, expulso. As principais opções para o setor são Amaral e Michel.

O zagueiro Sandro chegou a ser apontado como dúvida, por conta de dores musculares na coxa esquerda. Ele, entretanto, treinou e deve ir para o jogo. Por conta do treino fechado, não estão descartadas outras mudanças com relação ao time do jogo de ida.

Confirmado entre os titulares, o atacante Bill espera que o apoio das arquibancadas ajude o time alvinegro a inverter a vantagem adversária. “A torcida vai ser fundamental. Confiamos que eles vão nos apoiar o jogo todo e nos passar mais energia”, afirmou, antes de saber que quase 45 mil ingressos foram vendidos antecipadamente.

Novidades rubro-negras

Para a partida, o técnico Eduardo Baptista fará algumas alterações em relação ao jogo de ida. A principal novidade é o retorno do atacante Felipe Azevedo, que cumpriu suspensão pela expulsão na semifinal contra o Santa Cruz. Com isso, Érico Júnior volta a figurar como opção no banco.

Se o treinador recebe um reforço, também terá de lidar com um desfalque importante. O meia-atacante Ananias deixou a derrota para o Santa Cruz, por 3 a 0, lesionado e está fora de combate. Para a vaga, já foi confirmada a entrada do volante Wendel, o que deixará o meio-campo mais defensivo.

“Fizemos um teste contra o Santa Cruz (com Ananias e Rithely nas meias) e não gostei. Com a entrada do Wendel, poderemos dar mais segurança ao setor. É um jogador com bom passe e que já tem experiência por ter disputado muitas decisões”, afirmou Baptista.

Fonte: Futebol Interior

Compartilhar:
    Publicidade