Cenário da moda ganha destaque em evento na capital potiguar

Palestras sobre moda são realizadas no Natal Shopping. Daniela Passaretti (abaixo), acredita em recuperação do mercado local

Natal-Shopping-Fashion-Days---Daniela-Passaretti-consultora-de-moda-WR

Direcionado para retratar e abordar o espaço da moda na capital potiguar, o Natal Shopping Fashion Days acontece nesta terça (22) e quarta-feira (23), até as 23h, na estrutura do Natal Shopping, contando com palestras, consultorias, desfiles, workshop e outras atrações para reanimar o cenário local na área.

A consultora de moda e varejo, Daniela Passaretti é um das palestrantes do evento, ela diz que a expectativa é que a ação possa reavivar a moda local, trazendo tendências mundiais. “O acontecimento é muito importante porque traz tendências de fora e outras perspectivas de moda para cá. O mais importante é, além de trazer a moda, saber como usá-la, respeitando as proporções do seu corpo, pois mesmo que o xadrez esteja na moda atualmente, nem todos devem e podem utilizar. É preciso mostrar o que está na moda, respeitando cada estilo individual” disse.

Para ela, o conceito de moda vem da relação de estilos pessoais e de como cada um tende a se vestir. “A moda vem de cada indivíduo ao saber respeitar seu corpo. É o nosso estilo pessoal, pois não é porque está na vitrine que vai caber em mim. Moda é o meu estilo” afirmou.

Ela conta que a atual situação do Nordeste diante da moda é a de saber adaptar os conceitos a realidade local. “O Nordeste conta com problema em relação ao inverno. Queremos colocar aquelas peças bonitas que estão nas vitrines, mas por decorrência do clima quente não conseguimos, mesmo assim, a região é coberta de colorido e bem diversificada, não carecendo muito o preto no dia a dia” conta.

Daniela diz que devemos saber adaptar as roupas da moda ao nosso cotidiano quente do Nordeste. “Ao comprar, por exemplo, uma camisa de manga comprida, devemos escolher aquela que não tenha forração muito pesada, o mesmo serve para as jaquetas. Uma dica muito bacana para o cenário local são os coletes, pois suprem a necessidade de ficar quente, entrando na estação, sem estar “suando em bica” afirmou.

Ela ainda diz que a palavra de ordem para estar na moda é saber adaptar. “Hoje, pela necessidade de uma vida mais prática e ao mesmo tempo corrida, a melhor coisa é usar roupas que você se sinta bem e ao mesmo tempo esteja bem arrumado até a noite. Atualmente, não existe tanta diferença entre roupa de dia e de noite, diferenciada por brilhos, no caso das mulheres, então, coloque roupas para fazer seus afazeres, mas que depois, com o decorrer do dia, possa adicionar acessórios e adaptar. Procure sempre estar confortável em qualquer lugar”.

Daniela irá apresentar uma palestra sobre moda e proporção do corpo, trazendo exemplos com roupas da moda em mulheres “normais”. “Tudo é possível, desde que seja respeitada as proporções de cada corpo” relatou.

O evento é destinado a convidados, porém o desfile, intitulado “Fashion Tours”, e as experimentações de produtos e consultoria de automaquiagem são abertos ao público em geral, que deve inscrever-se previamente no local.

Compartilhar:
    Publicidade