Centro de Zoonoses de Natal faz desratização na orla marítima

O Centro também está realizando ações educativas em escolas, conselhos comunitários e unidades de saúde

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) vem realizando, desde 30 de abril, um trabalho preventivo de desratização nos bairros localizados na orla marítima de Natal. A ação segue até o dia 27 de junho.

As equipes do CCZ irão visitar 5.542 imóveis e 266 terrenos baldios dos bairros de Redinha, Santos Reis, Praia do Meio, Areia Preta e Ponta Negra.

De acordo com a coordenadora da Divisão de Controle de Leptospirose do CCZ, órgão responsável pela ação, Márcia Lima Ferreira, “o objetivo da atividade é controlar os fatores ambientais determinantes de riscos para a transmissão de doenças, sobretudo a leptospirose, em áreas de maior fluxo de pessoas, tendo em vista, o aumento desse fluxo durante a realização da Copa do Mundo FIFA 2014”.

A desratização está sendo feita em três etapas: a iscagem, onde os profissionais colocam os rodenticidas (venenos); a reiscagem, quando os agentes de combate às endemias retornam, após uma semana, para a eliminação de resíduos; e, finalizando, a limpeza da área, retirando entulhos e podas de árvores, trabalho feito pela Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

“O CCZ tem a expectativa de abranger o maior número possível de domicílios e de terrenos baldios, para controlar, de modo eficaz, a população de roedores e, consequentemente, diminuir o risco de contaminação da leptospirose e de outras doenças transmitidas por esses roedores”, destacou o técnico da Divisão de Controle de Leptospirose do CCZ, Laécio Oliveira.

O Centro também está realizando ações educativas em escolas, conselhos comunitários e unidades de saúde nos bairros da orla marítima natalense, dentro do seu Programa de Educação e Comunicação em Saúde

Compartilhar:
    Publicidade