Chanel Nº5 e Miss Dior terão suas fórmulas alteradas por regulamentação da UE

Marcas garantem, no entanto, que identidade olfativa dos perfumes serão mantidas

chaneljpg

Chanel Nº5 e Miss Dior, dois dos mais famosos perfumes do mundo, terão suas fórmulas alteradas por uma nova regulamentação da União Europeia que bane alguns ingredientes-chave da perfumaria por considerá-los alergênicos.

A medida, que deve ser publicada no fim de julho, vai proibir a utilização de musgos de árvores e musgos de carvalho, presente nos dois perfumes para dar profundidade e aumentar a duração das fragrâncias. Mas Chanel, Dior, Hermès e Guerlain são algumas das marcas que já estão se preparando para as mudanças.

“Adaptações são desafios, mas o talento do nosso perfumista está aqui para preservar a qualidade e identidade olfativa dos nossos perfumes diante das novas regras”, disse um porta-voz da Chanel em comunicado.

Se as grandes marcas parecem estar tirando de letra as restrições, os menores são os que mais têm sofrido com as proposições da UE, que desde 2012 já aconselha uso limitado de substâncias como o citral, o eugenol e a cumarina por causa de alergias que afetam não mais do que 3% da população.

“Leva mais de seis meses para reformular um perfume e, no mínimo, 30 testes… E isso é um tempo precioso que poderia ser usado para criar novidades. Para proteger um pequeno grupo da população, todo o resto está sendo prejudicado”, disse Frederic Malle, fundador da Editions de Parfums, completando que teve que reformular um quarto de seus produtos.

“Nós entendemos que reduções drásticas na formulação pode criar problemas para a indústria. Mas esse é um assunto provoca grandes paixões”, disse David Hudson, representante de políticas para consumidores da UE.

 

 

Fonte: O Globo

Compartilhar:
    Publicidade