CHAPA

Caso não haja nenhuma alteração significativa, a chapa encabeçada pelo deputado Henrique Alves vai ser mesmo anunciada nesta sexta-feira. Wilma…

Caso não haja nenhuma alteração significativa, a chapa encabeçada pelo deputado Henrique Alves vai ser mesmo anunciada nesta sexta-feira. Wilma confirmada candidata ao Senado e João Maia como candidato a vice de Henrique. Como tem Wilma na chapa, sempre é possível que haja mudança.

FORTE

A chapa do PMDB é muito forte na largada; conta com respaldo de expressiva parcela da classe política do RN e forma um grande palanque. Do ponto de vista político, é indiscutível a força do grupo formado por Henrique. O aspecto eleitoral ainda não foi identificado. A reação do eleitor ao agrupamento de lideranças que até ontem eram adversárias, será sentida na próxima pesquisa de intenção de votos.

EMISSÁRIO

A deputada federal Fátima Bezerra recebeu de um emissário do deputado Henrique Alves, a ‘proposta’ de desistir da candidatura ao Senado para apoiar a chapa do PMDB/PSB. O emissário massageou o ego da irmã de Tetê: “A senhora vai ser a deputada de meio milhão de votos”, disse o PMDBista.

EMISSÁRIO II

Fátima Bezerra recebeu a ‘cantada’ para desistir e respondeu: “Sou candidatíssima ao Senado e vou ter 1 milhão de votos, igual a Garibaldi”. O emissário de Henrique ficou triste diante da convicção da petista.

LEMBRANÇA

Os principais líderes da coligação comandada pelo deputado Henrique Alves, não votaram em Wilma para o Senado na eleição passada. Garibaldi, Henrique e João Maia votaram em Agripino e Garibaldi; Carlos Eduardo votou em Sávio Hacrakdt. Wilma não prestava para essa turma em 2010, mas em 2014, a história é outra.

DIVISÃO

Em Parnamirim, as duas maiores lideranças do município divergem na escolha da candidata ao Senado. O prefeito Maurício Marques retribui apoio ostensivo recebido da deputada Fátima Bezerra e vota na irmã de Tetê para o Senado. Agnelo Alves acompanha a decisão do filho Carlos Eduardo e respalda o nome de Wilma de Faria. Para o Governo, há convergência e os dois deverão apoiar o nome de Henrique Alves.

CAÇA

Do petista Crispiniano Neto: “A temporada de tiro aos Alves ou de tire os Alves está apenas começando”. Prenúncio de que não vai ser fácil a vida de Henrique como candidato.

FEDERAL

O deputado Walter Alves, substituto do primo Henrique Alves na Câmara Federal, vai usar o mesmo número que o filho de Aluízio usa há anos. O filho de Garibaldi vai buscar votos com o 1511, vitorioso em todas as eleições que disputou.

 CONVENÇÃO

Da governadoria, vem a informação que o ‘governador de fato’, Carlos Augusto Rosado, vai até o fim para viabilizar a candidatura da esposa à reeleição. Para isso, Ravengar já trabalha com a concreta possibilidade de bater chapa na convenção do DEM. Costuras e articulações diretas estão sendo feitas por Carlos Augusto junto aos convencionais do partido. Argumentos não vão faltar para convencer a turma.

CONVERSAS

O pré-candidato a Governador, Araken Farias e o pré-candidato a Senador Roberto Ronconi, conversam com outras siglas e o candidato a vice-governador poderá vir de Mossoró. Ronconi diz que seu primeiro suplente deverá ser o advogado Carlos Magno Vieira, Presidente Municipal do PTC em São Gonçalo do Amarante.

COMPARAÇÃO

Do leitor garibaldista Cid Montenegro: “Amigo Túlio, o RN está em boas mãos; todos têm a melhor intenção. Robinson e Fátima são bons para nosso estado e Henrique e Vilma são os melhores para nosso estado. Em 2001 ouvi uma preleção no vestiário do Maracanã o mestre Zagalo dizer: “Vamos respeitar o adversário, mais isso aqui é Flamengo minha gente, tem cem mil nas arquibancadas e quarenta milhões no Brasil, eles que se preocupem conosco”. Então eu digo: Vamos respeitar os adversários e com humildade vamos lutar, mas isso aqui é o Garibaldismo minha gente, temos Vilma, João Maia, Ricardo Mota outros fortes aliados e o grande líder chamado José Agripino. Eles que se preocupem conosco”.

Compartilhar: