Chuva diminui neste sábado em Natal, mas segue até domingo

Imagens de satélite mostram o enfraquecimento das nuvens na costa norte do Nordeste

54y54y34y

As áreas de instabilidade que provocaram muita chuva sobre Natal nesta sexta-feira enfraquecem no fim de semana, mesmo assim, a chuva não vai parar completamente. Ainda pode chover de forma moderada no sábado e no domingo, com períodos de melhora.

Imagens de satélite mostram o enfraquecimento das nuvens na costa norte do Nordeste, mas também a tendência de expansão em direção ao litoral da Paraíba e de Pernambuco.

Quanto choveu?

Fortes áreas de instabilidade avançaram do mar para o litoral norte do Nordeste provocando chuva muito volumosa nesta sexta-feira, 13, sobre Natal, capital do Rio Grande do Norte e uma das cidades-sede da Copa 2014. O jogo entre Camarões e México foi debaixo de muita chuva. A chuva intensa causou um grande deslizamento de terra na avenida Dinarte Mariz, na Praia de Miami, que soterrou carros.

Em um outro local da cidade, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 92,2mm entre 9h e 19h. A média normal de chuva para a todo o mês de junho é de aproximadamente 202 mm. A última vez que choveu desta forma volumosa sobre Natal foi entre os dias 13 e 14 de maço de 2014 quando foram acumulados 111,4 mm de chuva.

Limpeza-da-Av-Silvio-Pedrosa-WR-02

As fortes chuvas que atingiram a Região Metropolitana de Natal durante toda a sexta-feira (13), provocaram estragos em vários pontos de Natal, incluindo as obras de mobilidade urbana que estão sendo concluídas na cidade. O túnel da Avenida Raimundo Chaves, em Candelária, foi um dos principais afetados e ficou inundado, o que comprometeu os serviços que estavam sendo realizados. A obra integra o complexo viário que está sendo construído na área e já deveria ter sido entregue pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi).

Operários que trabalham nas obras do complexo disseram que, por causa do temporal de ontem, uma vala se abriu entre a Raimundo Chaves e a Prudente de Morais, fazendo com que uma parte da calçada cedesse com o excesso de água e invadisse o túnel, atrapalhando os serviços. Na manhã de hoje, era possível ver uma grande poça dentro da estrutura, que ainda não está pronta.

E a previsão é de mais chuvas neste final de semana, conforme informações da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), que prevê tempo nublado com pancadas de chuvas até domingo. Já o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) confirmou tempo nublado com chuvas até a próxima terça-feira (17), quando as precipitações devem acabar.

Apesar dos transtornos e alagamentos, o Corpo de Bombeiros não recebeu nenhum chamado de urgência ou emergência relacionado às chuvas e que não houve vítimas. Segundo o assessor de comunicação da corporação, tenente Christiano Couceiro, circulou na cidade a informação de que uma residência havia desabado em Mãe Luíza, fato que não foi confirmado.

“A equipe de plantão do Corpo de Bombeiros chegou a ir ao local indicado pelas informações, mas não localizaram nenhum incidente desta natureza, felizmente. Apesar disso, tanto a corporação como a Defesa Civil do Município estão em alerta durante todo o período de chuvas na região metropolitana, para alguma eventualidade”, disse.

Fonte: Climatempo

Compartilhar:
    Publicidade