Chuvas reabrem cratera fechada no início do mês na principal avenida da Zona Norte

Cratera deve crescer e impedir que o trânsito continue fluindo pela avenida

Cratera começa a ser aberta na Avenida João Medeiros Filho. Foto: Heracles Dantas
Cratera começa a ser aberta na Avenida João Medeiros Filho. Foto: Heracles Dantas

As fortes chuvas que caíram na zona Norte de Natal na noite deste domingo (30) reabriram a cratera localizada na Avenida Doutor João Medeiros Filho, próximo ao Viaduto de Igapó, que voltou a causar transtorno aos motoristas da região. O trânsito na manhã desta segunda-feira (31) ficou complicado, pois os motoristas ainda estavam desavisados. Ao longo da manhã, fiscais da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) conseguiram reorganizar o trânsito, por meio de desvios, e o trecho onde a cratera está localizada também já foi interditado.

O problema na João Medeiros Filho começou no dia 14 de março, quando a cratera se abriu na avenida, também por conta das fortes chuvas. Durante duas semanas, até que a empresa resolvesse o problema, a cratera trouxe transtorno aos motoristas que trafegam na via. Depois de serviço para a recuperação do trecho, a avenida voltou a ter o mesmo problema com as chuvas de ontem. Houve um bloqueio parcial da via, mas, devido à fragilidade do asfalto na única faixa onde ocorre o fluxo de veículos, a Semob decidiu bloquear totalmente o local.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), o serviço de recuperação da via já estava praticamente concluído. Agora, com a volta do problema, não há prazo para que a pista seja novamente consertada. Os danos ao asfalto são bem menores que os causados há duas semanas. Porém, o trânsito é lento e exige atenção dos motoristas. O buraco toma boa parte da pista e fica próximo ao viaduto de Igapó., no sentido zona Norte-Centro da cidade.

No caso dos ônibus, desde ontem que eles estão trafegando pelo desvio criado com faixa exclusiva para o transporte coletivo, partindo da avenida João Medeiros Filho, no canteiro central, que foi removido, e dá acesso à avenida Santo Agostinho. Assim como ocorreu quando a cratera foi aberta pela primeira vez, quem trafegar no sentido Redinha-Igapó deverá realizar um contorno pela Rua Alvorada, tomando uma travessa paralela à João Medeiros Filho, para então chegar à avenida novamente, pela Rua Dona Isabel de Brito Lima.

À época em que a cratera foi aberta pela primeira vez, há 15 dias, o engenheiro da empresa responsável pela obra, Jarbas Cavalcante, disse que já havia sido detectado problemas na tubulação localizada na outra faixa da pista – no sentido Centro-zona Norte. O ideal, segundo ele, era que fosse interditada as duas vias da avenida para que fosse feito o trabalho completo.

Obras

Quem trafega diariamente pela Avenida Gastão Mariz, via que liga a Avenida Airton Senna até a Rota do Sol, por Cidade Verde, terá que escolher uma nova alternativa de trânsito para os próximos 30 dias. Isso porque a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) iniciou na manhã desta segunda-feira (31), uma intervenção na via, dando continuidade às obras de esgotamento na região. Hoje, a empresa começou o trabalho de escavação para implantação do emissário de 700 milímetros.

Durante esse período de obras, uma das faixas no sentido zona sul/Rota do Sol será fechada, deixando a faixa no sentido contrário em mão dupla. A obra complementa o projeto de ampliação da capacidade da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Ponta Negra. A companhia orienta que os motoristas evitem o trecho durante as obras, e busquem rotas alternativas para acessar Ponta Negra, tendo em vista que a subtração temporária de uma faixa deverá deixar o trânsito mais lento.

Foto: Heracles Dantas
Foto: Heracles Dantas
Compartilhar:
    Publicidade