Descoberta fibra que faz com que seu cérebro entenda que não deve comer mais

O estudo sugere que a obesidade se tornou uma epidemia

097

O composto, de etilo, é liberado quando a fibra é decomposta no intestino. Logo em seguida, é enviado um sinal para o cérebro para fazer com que a pessoa pare de comer.

A pílula que destrói o apetite e pode ajudar na batalha contra a obesidade avançou mais um passo, após a descoberta da ação de uma molécula antes ignorada. O produto químico, acetato, é encontrado na fibra alimentar e pode combater as gorduras extras de muitas pessoas.

Grandes quantidades de acetato são liberadas quando as plantas e os vegetais são digeridos pelas bactérias no cólon. Isso, então, envia um sinal para o cérebro nos dizendo para parar de comer.

O estudo sugere que a obesidade se tornou uma epidemia, porque temos substituído a dieta saudável de épocas anteriores com alimentos processados que contém pouco acetato.

Embora a pesquisa publicada na Nature Communications confirma a vantagem natural de fibra, os cientistas esperam que a descoberta possa ser aproveitada em tratamentos para pessoas que não conseguem controlar o aumento de peso.

Professor Gary Frost, do Imperial College Londo, disse: “O grande desafio é desenvolver uma abordagem que vai dizer a quantidade de acetato necessário para suprimir o apetite, mas de uma forma que seja aceitável e segura para os seres humanos. O acetato só está ativo por um curto período de tempo no corpo, por isso, se nós nos concentramos em um produto puramente à base de acetato seria preciso encontrar uma maneira de se alimentar e retardar sua liberação no intestino”.

Ele prossegue: “Uma outra opção é a de focar na fibra e manipulá-la de modo que ela produza mais do que o normal de etilo e menos fibras. Para isso, é necessário ser um alimento palatável e confortável, sem aumentar muito a quantidade de fibras na nossa dieta. O desenvolvimento dessas abordagens vai ser difícil, mas é um bom desafio e estamos ansiosos para pesquisar maneiras possíveis de usar o acetato para tratar de questões de saúde em todo o ganho de peso”, reitera Gary.

O estudo analisou os efeitos de uma forma de fibra dietética chamada inulina que vem da chicória e da beterraba e também é adicionada à barra de cereais. Experimentos em camundongos descobriram que aqueles alimentados com uma dieta rica em gordura com adição de inulina, comeram menos e ganharam menos peso do que os animais que fizeram a dieta contrária.

 

Fonte: R7

Compartilhar: