Circuito Literário homenageia vida e obra de Ariano Suassuna

O Circuito tem uma programação diversificada, que modificará a rotina dos alunos, com intervenções literárias

CO 20140812 4654 Cartaz Click02

Com o tema “Tributo a Ariano Suassuna – Arte é missão, vocação e festa”, começa na próxima terça-feira (9) e segue até quinta-feira (11), o III Circuito Literário Contemporâneo (Clic). O evento é organizado pela direção do Complexo Educacional Contemporâneo com o apoio dos estudantes, que já estão se preparando há meses para os três dias de intenso contato com a literatura.

O Circuito tem uma programação diversificada, que modificará a rotina dos alunos, com intervenções literárias. Durante os intervalos das aulas, haverá café poético, apresentações das peças teatrais, como O Santo e a Porca e o Alto da Compadecida, recitais, repentistas e exposições.

À noite, a partir das 18h30, a escola abre as portas à comunidade, para as mesas redondas e palestras com escritores e jornalistas, que abordarão as diferentes faces de Ariano Suassuna. Na terça-feira (9), o espetáculo “Sertão Inverso” do cordelista Paulo Varela abre o evento. Já no segundo dia do Circuito acontecerá uma mesa redonda com professores da escola falando sobre a vida e obra de Ariano Suassuna, mediada pela Diretora Executiva do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), Cláudia Santa Rosa. E o terceiro dia será marcado pela palestra também sobre a vida e obra de Ariano Suassuna, do professor da UFPE, Carlos Newton Júnior, mediado pelo jornalista Woden Madruga.

Os estudantes esperam o início do Circuito com grande expectativa. “Essa edição do Clic é muito significativa para nós, pois vamos tratar de um grande escritor nordestino, que infelizmente nos deixou este ano. Então esse é um momento de homenagear Suassuna e deixar vivo o seu legado cultural”, comenta a aluna Thaís Nunes.

Para a diretora do Contemporâneo, professora Irany Xavier Andrade, o Clic é um evento de sucesso e vem conquistando cada vez mais participantes. “É incrível como a partir das apresentações e palestras, conseguimos que os estudantes tenham uma abordagem ainda mais profunda da literatura do Brasil. Além disso, percebemos que temos muitos admiradores da literatura aqui na capital potiguar”.

CLIC

O Clic acontece desde 2012, é gratuito e aberto à comunidade e tem como objetivo despertar nas pessoas o interesse pela leitura e fortalecer eventos literários em Natal. Nas primeiras edições, a escola recebeu pessoas de todas as idades, que tiveram a oportunidade de debater com autores, participar de oficinas e passear pelo universo dos livros.  Este ano, o Clic escolheu homenagear Ariano Suassuna, escritor, dramaturgo e poeta brasileiro, que faleceu em julho deste ano.

Ariano Suassuna

Ariano Suassuna é um dos grandes nomes da cultura nordestina e do Brasil. Exaltado principalmente pela atuação no teatro brasileiro, o escritor, dramaturgo e poeta fundou o Movimento Armorial nos anos 70, que tinha como objetivo utilizar a cultura popular para formar uma arte erudita. Além de teatrólogo, Suassuna foi professor, romancista e advogado.

Entre as obras mais conhecidas da carreira do escritor estão “Auto da compadecida”, de 1957, e “O Santo e a Porca”, de 1964, a primeira, inclusive, ganhou uma adaptação na televisão em 1999 com direção de Guel Arraes. Na Academia Brasileira de Letras, Ariano Suassuna ocupou a cadeira número 32, que tem como patrono Araújo Porto Alegre.

Convidados:

Carlos Newton Júnior

Carlos Newton Júnior é arquiteto (UFPE, 1988), historiador (Univ. Católica de PE, 1989), especialista em teoria das artes plásticas (UFPE, 1990), mestre em literatura comparada (UFRN, 1996) e doutor em literatura brasileira (UFPE, 2002). É professor do Departamento de Teoria da Arte e Expressão Artística da UFPE (Recife, Centro de Artes e Comunicação). Além de ser  autor de mais de dez livros, nos campos do romance e ensaio, Carlos já escreveu textos de abertura e fez consultoria de obras de Ariano Suassuna.

Cláudia Santa Rosa

Cláudia Santa Rosa é Professora (UERN, 1995), Pós-graduada em Psicopedagogia (UFRN, 1999), Mestra em Educação (UFRN, 2004), Doutora (Universidade do Porto – Portugal, 2008) e desempenha projetos importantes para o desenvolvimento da leitura no Rio Grande do Norte.

Atualmente, Cláudia é Diretora Executiva do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), organização não-governamental comprometida com iniciativas que promovam o fortalecimento da escola pública.  Idealizadora de duas redes de mobilização: a Rede de Promoção da Leitura no Norte-Nordeste e a Rede Nacional de Educadores Românticos Conspiradores.

Ela também coordena o projeto “Observatório da Educação do Rio Grande do Norte” e é associada fundadora da organização responsável pelo “Movimento por um Brasil Literário”, sediada no Rio de Janeiro/RJ. Em 2014, Cláudia foi nomeada integrante do Conselho Diretivo do Plano Nacional do Livro e da Leitura, no Congresso Nacional, em Brasília.

Woden Madruga

Woden Madruga é jornalista e cronista norte-rio-grandense, em atividade há mais de 40 anos.

Intelectual e leitor voraz, desde os anos 1960 escreve diariamente na coluna WM, página 2 do jornal Tribuna do Norte sobre literatura, memórias, cotidiano e política.

Foi presidente da Fundação José Augusto por três vezes e professor do curso de Comunicação Social da UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Compartilhar: