Cirurgia íntima agrada cada vez mais mulheres, diz estudo

O número de procedimentos estéticos na genitália feminina aumentou cinco vezes desde 2001

Em pesquisa, mulheres preferiram aparência de vaginas que passaram por cirurgia do que a das que eram "naturais". Foto:Divulgação
Em pesquisa, mulheres preferiram aparência de vaginas que passaram por cirurgia do que a das que eram “naturais”. Foto:Divulgação

As mulheres estão ficando cada vez mais com ideias distorcidas sobre a aparência ideal da vagina, algumas até chegam a pensar que são anormais por uma ou outra característica. Um estudo feito pela Universidade de Queensland descobriu que as mulheres consideram normais com mais frequência as vaginas submetidas a cirurgias plásticas do que as “naturais”. As informações são do Daily Mail.

O número de procedimentos estéticos na genitália feminina – desde redução do tamanho dos lábios e ajuste na simetria – aumentou cinco vezes desde 2001. “É uma tendência preocupante. Parece haver equívocos enormes ao redor das percepções em relação à aparência genital”, afirmou Claire Moran, autora do estudo. Segundo ela, as razões para as cirurgias geralmente são estéticas.

Os pesquisadores entrevistaram 97 mulheres com idades entre 18 e 30 anos, apresentaram fotos de genitálias modificadas e naturais e fizeram perguntas. Eles sugeriram que as mulheres jovens não compreendem as diferenças características que uma vagina pode ter. “A diversidade é que é o normal”, afirmou Claire.

A coautora da pesquisa, Vanessa Schick, disse que é importante entender se as mulheres estão buscando cirurgias íntimas pelo desejo de tornar a genitália normal ou para que fique de acordo com um padrão ideal. A reconstrução da forma e tamanho dos lábios é o terceiro procedimento mais popular no Reino Unido. O porta-voz da Banwell Clinic, Paul Banwell, afirmou que 50% das pacientes procuram o procedimento devido ao desconforto na prática de alguns esportes e a outra metade por razões estéticas e para aumentar a autoconfiança.

Fonte:Terra

Compartilhar: