Coadjuvante?

Nem mesmo o mais ferrenho adversário imaginaria tal situação, quatro anos depois. Rosalba Ciarlini era a primeira senadora do Rio…

Nem mesmo o mais ferrenho adversário imaginaria tal situação, quatro anos depois. Rosalba Ciarlini era a primeira senadora do Rio Grande do Norte e, apesar do pouco destaque comum a todo novato no Congresso Nacional, conseguia se destacar em alguns importantes debates. Simpática e com histórico de sucesso na Prefeitura de Mossoró, tinha um favoritismo notável na disputa eleitoral de 2010, mesmo tendo que enfrentar a máquina administrada pelo seu concorrente, o então governador Iberê Ferreira de Souza.

Hoje, após assumir o cargo com ampla folga nas urnas e uma vitória ainda em primeiro turno, Rosalba parece ter perdido o tempo exato do seu governo. Tudo o que planejou, ao que parece, demorou demais para acontecer. Se é que conseguiu fazer algo como pensou antes de chegar a Governadoria. Um bom exemplo é esse badalado projeto RN Sustentável, recheado por bilhões de dólares obtidos junto ao Banco Mundial, mas que terá todos os seus projetos concluídos apenas nos governos futuros, talvez nem mesmo no próximo.

Diante dessa realidade e da perspectiva de sequer participar do pleito onde poderia lutar por sua reeleição, Rosalba Ciarlini pode não passar de uma coadjuvante nas eleições vindouras. Será? Difícil acreditar que o poder eleitoral da mulher eleita três vezes prefeita da segunda maior cidade potiguar, tenha se exaurido assim, em quatro anos. A aprovação popular que acumulou nestes mandatos na capital do Oeste, apesar de um pouco apagada, ainda existe. Mas, para voltar a brilhar, após o fiasco estadual, não será tão fácil.

Mesmo afastada do pleito, se isso vier mesmo a acontecer, como praticamente já anunciou o presidente nacional do DEM, senador José Agripino Maia, Rosalba não pode ser tratada como carta fora do baralho do cenário eleitoral do Estado. Ao contrário da ex-prefeita de Natal, Micarla de Sousa, a Rosa tem um histórico que fala por si no tabuleiro político do RN. Mas, talvez, para ressurgir da desaprovação em que está metida atualmente, seja preciso ficar na sombra de coadjuvante. Resta saber, se terá habilidade para enfrentar essa situação.

JOGO DE XADREZ

Apesar da forma como ocorre, e dos acertos de última hora, a eleição suplementar de Mossoró terá sim influência no pleito eleitoral que se aproxima. É uma espécie de amostra do poder eleitoral que cada coligação terá na disputa estadual de outubro. Por trás de cada um dos três candidatos, um dos pretensos nomes interessados na cadeira de governador.

TRÊS POR UM

Como padrinho do atual prefeito José Silveira Júnior (PSD), o vice-governador Robinson Faria (PSD) busca se fortalecer na capital do Oeste, segundo maior colégio eleitoral do RN e principal reduto da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Por sua vez, a gestora volta a apostar suas fichas na prefeita afastada Claudia Regina (DEM). Enquanto que o deputado Henrique Alves (PMDB) é o patrocinador do projeto de Larissa Rosado (PSB).

FORÇA DO OESTE

Em tempo: o vitorioso na disputa mossoroense não apenas chegará no pleito estadual de ânimo renovado como também terá sua liderança ampliada em um município decisivo para qualquer disputa política potiguar. Mossoró tem sempre um peso decisivo na contagem das urnas e em 2014 não será diferente. É hora de apostar as fichas.

ERA SÓ O QUE FALTAVA

Em Natal praticamente todas as categorias profissionais já haviam protestado ou reivindicado por mais segurança, menos uma. Agora, não falta mais ninguém. Ontem, policiais militares interromperam o trânsito na Avenida Salgado Filho por alguns minutos, acreditem, cobrando mais segurança para eles próprios. Isso devido a morte de um PM na semana passada, no mesmo dia em que outro foi baleado. Não tá fácil para ninguém.

OPORTUNIDADE

A incorporadora goiana FGR Urbanismo irá ampliar os seus investimentos no estado. A partir do mês de setembro, a empresa deverá iniciar o projeto de construção de um novo condomínio horizontal em uma área de 600 mil metros quadrados, localizada na circunvizinhança do Jardins Amsterdã. A empresa, especializada na construção de condomínios horizontais residenciais e comerciais, atua há 27 anos no país.

TURISMO

O Natal Convention Bureau reúne os mantenedores, na sexta-feira (11), 9 horas, no Centro de Convenções, para discutir o mercado internacional de eventos com um dos mais importantes especialistas da área, que integra o International Congress and Convention Association – Santiago González, diretor regional do órgão para a América Latina e Caribe.

BOATARIA

Em meio a tantas babaquices já criadas no Rio Grande do Norte, nenhuma se compara a essa história de espalhar boatos pelo whatsapp. Ontem foram duas histórias ridículas que todo mundo saiu compartilhando, como se qualquer coisa que chegasse ao seu telefone fosse a mais pura verdade. Nunca se viu tantos boatos em uma cidade como durante esta semana. É aquela velha história, se você não sabe de onde veio a notícia, pense duas vezes antes de acreditar nela.

DEBATE

O presidente do Tribunal de Contas da União, ministro João Augusto Ribeiro Nardes, chega a Natal, na quinta-feira (10) e participará do seminário “Diálogo Público – Para Melhoria da Governança Pública – Rio Grande Do Norte”. O evento será às 10 horas, na Escola de Governo.

GIRA MUNDO

A notícia é destaque no portal da Ong Contas Abertas. A Secretaria de Administração da Presidência comprará 2.830 uniformes profissionais. A compra inclui 14 uniformes sob medida, 66 para cozinheiros e copeiros, 380 cintos, de couro, masculinos, na cor preta, 1.130 meias sociais masculinas, 640 sapatos masculinos de couro da marca Fobos e 600 gravatas finas, sociais, pretas da marca Jacquard. O carrinho lotado de uniformes custará ao órgão R$ 120 mil.

Compartilhar:
    Publicidade