Coca-Cola prepara oferta para superar Microsoft e nomear estádio do Real

A demora para concluir a negociação teria colocado a Coca-Cola na briga

Santiago Bernabeu é alvo da Coca Cola. Foto:Divulgação
Santiago Bernabeu é alvo da Coca Cola. Foto:Divulgação

A Coca-Cola planeja oferecer até 80 milhões de euros (R$ 258 milhões) anuais ao Real Madrid para vencer a concorrência com a Microsoft e unir seu nome ao estádio Santiago Bernabéu, segundo a agência Euroamericas Sport Marketing, citada pelos jornais espanhóis Mundo Deportivo Sport.

A negociação dos “naming rights” do Santiago Bernabéu ocorre pela necessidade do Real Madrid de realizar uma ampla reforma em seu estádio, que custaria cerca de 450 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão).

De acordo com a reportagem, a Microsoft está negociando já há algum tempo com Florentino Pérez, presidente do Real, para pagar cerca de 50 milhões de euros (R$ 161 milhões) anuais em troca dos “naming rights” do estádio madrileno, sem retirar a referência ao ex-presidente do clube Santiago Bernabéu.

A demora para concluir a negociação, no entanto, teria colocado a Coca-Cola na briga, com a empresa pensando numa proposta consideravelmente maior.

Para efeito de comparação, o Arsenal, da Inglaterra, recebe 15 milhões de euros (R$ 45,6 milhões) por ano pelo Emirates Stadium, o Manchester City tem rendimentos na casa de 17 milhões de euros (R$ 51,6 milhões) com os naming rights do seu estádio, enquanto o Bayern de Munique recebe 5,8 milhões de euros (R$ 17,6 milhões) por ano para batizar a Allianz Arena

 

Fonte: Uol

Compartilhar:
    Publicidade