Com arbitragem confusa, Sport vence Bahia na Ilha do Retiro

Na Ilha do Retiro, o clube pernambucano contou com uma arbitragem confusa para vencer a partida

Sport saiu com a vitória contra o Bahia. Foto: Divulgação
Sport saiu com a vitória contra o Bahia. Foto: Divulgação

A última partida do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa do Mundo terminou com vitória do Sport. Na Ilha do Retiro, o clube pernambucano contou com uma arbitragem confusa e que irritou os jogadores do Bahia para vencer o adversário por 1 a 0 com gol isolado no segundo tempo, em confronto adiado da 5ª rodada do torneio.

Com 14 pontos, o time do Recife vai para a pausa para a Copa em nono lugar. Já os baianos ficam com oito, em 16º e veem a crise aumentar: não ganham há seis jogos, após o bom início. As duas equipes só voltam a campo após o Mundial, em 16 de julho – o Sport recebe o Botafogo e o Bahia pega o São Paulo em casa.

O primeiro tempo do duelo desta quarta-feira começou com boa pontada do Sport logo no início da partida, mas aos 5min o confronto já teve um lance polêmico: Ananias tentou cruzamento e viu a bola bater na mão de Demerson, mas o juiz nada deu. Até o fim do primeiro tempo, ambos os times pecaram em finalizações e não conseguiram inaugurar o placar.

A volta para a etapa final teve o lance mais polêmico logo no início. Aos 5min, Pará foi derrubado pelo goleiro do Sport Magrão fora da área após driblar o arqueiro e seguir em direção ao gol. Pelo lance, o jogador do time pernambucano recebeu só amarelo. O lance revoltou os baianos, que partiram para cima do juiz – por reclamação, o goleiro do Bahia Marcelo Lomba foi expulso, o que aumentou a revolta.

Na vaga de Lomba, o goleiro reserva Douglas Pires entrou e começou aos poucos a se tornar um dos nomes da partida – em 10 minutos em campo, fez duas grandes defesas. Mesmo assim, de tanto pressionar o Sport conseguiu fazer o primeiro aos 22min: Renê cruzou da esquerda e Mayke, que havia acabado de entrar, concluiu para o gol.

Antes do fim do jogo, o time baiano ainda teve mais um jogador expulso: aos 38min, o lateral Roniery parou contra-ataque no meio-campo e tomou o segundo amarelo do árbitro, sendo corretamente tirado de campo.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade