Com Castelão lotado, Sport é tricampeão da Copa do Nordeste

A vaga para a Copa Sul-Americana foi confirmada com mais de 61 mil pessoas presentes na nova arena

Jogadores fizeram a festa na casa do Ceará. Foto: Divulgação
Jogadores fizeram a festa na casa do Ceará. Foto: Divulgação

O Sport é campeão da Copa do Nordeste. A vitória não foi fácil, o Leão saiu atrás do placar, sofreu com a pressão de mais de 61 mil torcedores, que lotaram o Estádio do Castelão, mas foi buscar. Neto Baiano marcou e confirmou o título para os Rubro-Negros com o empate em 1 a 1, além da vaga para Sul-America 2014, representando o Nordeste na competição. Magno Alves foi quem fez o gol de honra do Vovô.

O empate era o que o Sport precisava para carimbar o seu terceiro título da Copa do Nordeste. Na Ilha do Retiro, o Leão venceu o Ceará por 2 a 0 e trouxe para Ceará uma larga vantagem, que acabou fazendo a diferença. Já o Vovô, pela primeira vez, chega a uma decisão.

O Ceará, até hoje, teve como melhores colocações os quartos lugares de 1997 e 2013, além desta segunda colocação. Já o Sport se isolou como segundo maior campeão do torneio, com três títulos, atrás do Vitória (cinco) e à frente do Bahia (dois).

Com o título da Copa do Nordeste confirmado, o Sport teve a segunda conquista em menos de dois dias. Nesta terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou o Leão como o único campeão brasileiro de 1987, em detrimento do Flamengo.

O confronto entre Sport e Ceará pela Copa do Nordeste entrou para a história da Nova Arena Castelão. Os 61. 240 foi o recorde de público do estádio e deste ano, batendo jogos importantes como Brasil e México pela Copa das Confederações e Flamengo e Léon, no Maracanã, em partida realizada também nesta quarta-feira, pela Libertadores, onde o público foi um pouco mais de 60 mil torcedores.

Vovô segue vivo!

Que festa! O Estádio do Castelão estava totalmente lotado para o embate entre Ceará e Sport, pelo duelo decisivo da Copa do Nordeste. Mais de 60 mil pessoas estavam presentes e viram os times entrarem em campo mais preocupados em não tomar gol, do que marcar. Melhor para o Sport. O Leão tinha a vantagem, devido o resultado do embate de ida, porém, o Ceará foi para cima em busca da vitória.

Aos 15 minutos, Bill recebeu dentro da área do Sport e arriscou o chute. A bola passou perto do gol de Magrão, que já estava batido no lance. Em seguida foi a vez de Ricardinho. O ex-meia de XV de Piracicaba e Ponte Preta cobrou falta com perigo e quase fez 1 a 0. A resposta do Sport veio aos 31. Ewerton Páscoa chutou para fora.

No lance seguinte, em mais uma boa jogada do Sport, Wendel tentou, mas Luis Carlos espalmou. Já aos 41 minutos, o Ceará não desperdiçou. Souza achou Magno Alves. O Magnata tocou com categoria para o fundo das redes de Magrão. O segundo por pouco não veio ainda no primeiro tempo. Ricardinho apareceu na frente do arqueiro do Sport, mas mandou para fora.

A semana é do Sport!

A festa virou nervosismo no Castelão. A torcida do Ceará estava esperançosa com o time, mas Ailton tratou de estragar o momento. Aos quatro minutos do segundo tempo, o meia foi derrubado por Luis Carlos. Pênalti para o Sport. Neto Baiano foi para cobrança e soltou o pé para deixar tudo igual e colocar fogo no embate.

O Ceará se abateu com o gol sofrido e o Sport tentou aproveitar para fazer o segundo. Aos 11 minutos, Ailton cruzou na cabeça de Durval, que testou firme para a boa defesa de Luís Carlos. Em situação complicada, o Vovô decidiu sair para o tudo ou nada. Ricardinho, um dos jogadores mais lúcidos da equipe, arriscou de longe. A bola passou muito perto do gol de Magrão.

Mas, o Sport ainda estava no jogo e quase ampliou aos 19 minutos. Renê fez linda jogada e chutou. Luís Carlos defendeu. O Ceará respondeu, novamente com Magno Alves. O Magnata driblou o goleiro Magrão, mas a finalização parou na grave, perdendo chance incrível para recolocar o Vovô no embate. Após o lance, o Leão só segurou, deixou o tempo passar e comemorou junto com seus torcedores, o tricampeonato.

Fonte: Futebol Interior

Compartilhar:
    Publicidade