Com queda constante nas vendas, GM tira Agile e Sonic de linha no Brasil

Os dois modelos saem do mercado por baixa nas vendas, canibalizadas por outros modelos da marca

Chevrolet-Agile-01

A Chevrolet vai descontinuar Agile e o Sonic, nas versões hatch e sedã, no Brasil. Os dois modelos, que eram importados da Argentina e México, respectivamente, deixam de ser comercializados pela marca desde já e serão oferecidos nas revendas até o final dos estoques com descontos médios de R$ 3 mil, segundo fontes.

O que motivou o fim das importações do Agile foi a canibalização das vendas desde a chegada do Onix, que foi melhor aceito pelo consumidor. Segundo dados da Fenabrave, federação que reúne as concessionárias de veículos, o Agile vendeu no acumulado até o fechamento de agosto 9.547 unidades, enquanto o Onix vendeu 91.326 exemplares.

No caso do Sonic, as vendas inferiores ao Onix na versão hatch, e ao Cobalt na sedã, motivaram o fim do modelo no País. Outro motivo levantado é que com o fim das vendas do hatch mexicano, a empresa poderá trabalhar com um lote maior de importação dos utilitários Tracker e Captiva.

 

 

Fonte: Estadão

Compartilhar:
    Publicidade