Com RN na lista, eleições podem terminar no primeiro turno em 15 Estados

Cenário atual aponta para decisão na 1ª fase da corrida em colégios eleitorais como SP, Amazonas, Tocantins e Maranhão

São Paulo, Amazonas, Tocantins e Maranhão têm os cenários mais elásticos. Foto: Divulgação
São Paulo, Amazonas, Tocantins e Maranhão têm os cenários mais elásticos. Foto: Divulgação

Pesquisas eleitorais realizadas em todo o Brasil e divulgadas nos últimos dias apontam a possibilidade de as eleições terminarem no primeiro turno em pelo menos 15 Estados, conforme levantamento da reportagem.

Pelos números, o Ibope apontou possibilidade de vitória no primeiro turno em locais como Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo, Acre, Amazonas, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Ceará, São Paulo, Minas Gerais e Paraíba. O Vox Populi também apontou possibilidade de encerramento da disputa no primeiro turno no Tocantins. No Maranhão e Piauí também existem chances das eleições serem encerradas no dia 5 de outubro, mas os dados foram levantados por institutos locais de pesquisa.

Esse quadro ocorre em São Paulo, Amazonas, Tocantins e Maranhão. Em São Paulo, o atual governador Geraldo Alckmin (PSDB) lidera com 47% das intenções de voto, contra 23% de Paulo Skaf (PMDB) e 7% de Alexandre Padilha (PT) segundo o Ibope. Os oito concorrentes de Alckmin, juntos, somam 33% das intenções de voto.

Ainda conforme o Ibope, no Amazonas, ex-líder do PMDB no Senado Eduardo Braga(PMDB) lidera com 52% das intenções de voto contra 24% de José Melo (Pros) e 3% dos candidatos Chico Preto (PMN) e Marcelo Ramos (PSB).

Já o Vox Populi aponta, atualmente, vitória do pemedebista Marcelo Miranda, no Tocantins, por 52% das intenções de voto contra 22% de Sandoval Cardoso (SDD), 2% de Ataídes Oliveira (Pros) e 1% de Joaquim Rocha (Psol). No Maranhão, o ex-presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Flávio Dino (PcdoB), conforme o instituto Data-M, aparece com 57,8% das intenções de voto contra 23,1% do senador Edson Lobão Filho(PMDB). Os outros quatro candidatos na disputa ao governo maranhense aparecem com menos de 1% das intenções de voto.

Nos outros estados, os líderes das pesquisas venceriam no primeiro turno se considerando apenas os votos válidos. Em Minas Gerias, por exemplo, Fernando Pimentel (PT) tem 37% das intenções de votos. Mas seus outros seis adversários, juntos, somam 30% das intenções de voto conforme o Ibope. Minas é o Estado com maior número de eleitores indecisos ou que votariam nulo nesse momento da eleição. Pelo levantamento Ibope, os votos brancos ou nulo somam 11%. Os indecisos somam 22%.

No Distrito Federal, a última pesquisa Ibope apontou que José Roberto Arruda (PR) estaria próximo de vencer no primeiro turno se conseguir crescer cerca de três pontos percentuais. Atualmente, Arruda tem 37% das intenções de voto, contra 39% dos outros cinco candidatos. Entretanto, a candidatura de Arruda foi indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ele depende de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) para concorrer.

Atrás de Arruda, o petista Agnelo Queiroz e Rodrigo Rollemberg (PSB) estão empatados com 16% das intenções de voto. Toninho do PSOL (PSOL) aparece em quarto com 4% das intenções de voto e o tucano Luiz Pitman, em quinto, com 3%.

Fonte: IG

Compartilhar: