Com Ronaldinho, Atlético-MG começa luta pelo bi da Libertadores na Venezuela

Adversário é o venezuelano Zamora, que tem como atração o irmão de Hugo Chaves, Adelis, como presidente

Ronaldinho vai estrear em 2014. Foto:Divulgação
Ronaldinho vai estrear em 2014. Foto:Divulgação

Atual campeão da Libertadores, o Atlético-MG inicia nesta terça-feira, a luta pelo bicampeonato da América. O adversário é praticamente desconhecido, trata-se do Zamora, clube da Venezuela que tem como atração o irmão de Hugo Chaves, Adelis, como presidente. O duelo contra os mineiros será realizado às 22h10 (de Brasília), no Estádio La Carolina, na cidade, de Barinas.

Além de superar os venezuelanos, o Atlético-MG tem de acabar com a desconfiança. Os resultados de Paulo Autuori ainda não convenceram, e a chance de mostrar serviço é nesta terça-feira. O treinador conhece bem a principal competição de clubes das Américas, já levantou a taça duas vezes.

“Quando você ganha, seja qualquer competição, as exigências vão sempre lá em cima, você tem que ganhar de novo. O grande desafio é esse, vencer duas Libertadores seguidas, o que não acontece no Brasil há algum tempo, e o Atlético-MG tem possibilidade. Esse é um fator que dá um incentivo grande a todos para jogarem no limite”, declarou.

Assim como Paulo Autuori, os atletas também apostam em uma boa estreia, mesmo sabendo que não será fácil. Este é o caso do avante Jô, artilheiro da última edição da Libertadores. “A gente acredita ser possível fazer uma boa estreia. A equipe da Venezuela é forte, mas nós também somos. As derrotas fazem parte do futebol. Agora é outra competição”, comentou.

Para o jogo contra o Zamora, o Atlético-MG terá a estreia de Ronaldinho Gaúcho na temporada. O jogador ainda não jogou neste ano, devido problemas contratuais e também por causa de punição imposta pela Fifa. R10 foi expulso na decisão do terceiro lugar do Mundial de Clubes, e foi punido com dois jogos de suspensão, cumpridos no Campeonato Mineiro.

“Espero ajudar com as minhas qualidades para que a equipe volte a jogar um bom futebol e consiga retomar o caminho das vitórias. Tenho certeza que, a partir do momento em que a equipe encontrar ritmo, vai voltar a ter o futebol que mostrou em 2013″, afirmou o craque.

Mesmo com a volta de Ronaldinho, Paulo Autuori tem problemas para armar a equipe. A principal dificuldade é na lateral esquerda, já que o treinador não tem nenhum atleta especialista na posição. Pedro Botelho foi contratado no início do ano, mas chegou ao clube lesionado. O argentino Dátolo e o volante Lucas Cândido brigam para ser improvisados no setor.

Se o Atlético-MG vai brigar pelo título da Libertadores, o mesmo não se pode dizer do Zamora, time que representa a Venezuela, país que não tem o futebol como primeiro esporte. A modalidade esportiva mais praticada pelos venezuelanos é o beisebol, por isso, a meta do clube é simplesmente não fazer feio.

O gerente geral do Zamora, Akram Al Matni, espera um bom jogo em Barinas. “Temos feito o esforço necessário para que seja um espetáculo de qualidade internacional para todos. Se vamos ganhar eu não sei, mas acreditamos que será um bom jogo”, afirmou.

FICHA TÉCNICA 
ZAMORA X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio La Carolina, em Barinas (VEZ)
Data: 11 de fevereiro de 2014, terça-feira
Horário: 22h10 (de Brasília)
Árbitro: Mauro Vigliano (ARG)
Assistentes: Diego Bonfa (ARG) e Ernesto Uziga (ARG)

ZAMORA: Angulo; Zafra, González e Lopes: Orvalle, Flores, Vargas, Ramírez, Martinez; Clarke e Murillo
Técnico: N. Sanvicente

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Lucas Cândido (Dátolo); Pierre, Josué, Ronaldinho e Tardelli; Fernandinho e Jô
Técnico: Paulo Autuori

Compartilhar: