Com salários atrasados, Garis decidem paralisar suas atividades em Parnamirim

Os trabalhadores se reúnem em uma nova assembleia hoje (19) às 7 horas na sede da empresa Líder

Além do salário atrasado, garis cobram 1/3 de férias que não são pagos há 3 anos. Foto:Divulgação
Além do salário atrasado, garis cobram 1/3 de férias que não são pagos há 3 anos. Foto:Divulgação

Os trabalhadores da empresa Líder – terceirizada responsável pela limpeza pública no município de Parnamirim – paralisaram suas atividades ontem (17), após assembleia da categoria que decidiu entrar em greve devido o não pagamento dos salários referentes ao mês de janeiro. Além do descaso da empresa com relação ao salário dos funcionários, os trabalhadores também reivindicam o terço de férias (garantido por lei) que não foi pago durante os últimos três anos, bem como o pagamento do vale-alimentação e da pensão alimentícia.

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Município de Parnamirim (SINTSERP) tem apoiado a causa e acompanhado o caso com atenção, além de disponibilizar sua assessoria jurídica à categoria.

Os trabalhadores se reúnem em uma nova assembleia hoje (19) às 7 horas na sede da empresa Líder, que fica situada na Rua Castro Alves, 178, bairro Rosa dos Ventos em Parnamirim, com o objetivo de definir a agenda de mobilizações e ações da greve.

Compartilhar:
    Publicidade