Vitória: Companheiro de sargento do Exército recebe carteira militar

O documento concede ao jovem todos os direitos como dependente do sargento que têm os casais heterossexuais

6uy67i67i46i46

Depois de terem sido reconhecido pelo Exército como o primeiro casal homoafetivo após uma determinação judicial, o sargento J.E.S, 41, e o universitário A.E.V.S. 21, teve nova conquista nesta semana. Na última quarta-feira, A.E recebeu do Exército a carteira de identidade militar.

O documento concede ao jovem todos os direitos como dependente do sargento que têm os casais heterossexuais. “Ficamos feliz com a saída do documento. Dei entrada no pedido no mês passado e achávamos que iria demorar para a carteira ser liberada. Foi mais uma conquista”, afirmou o universitário.

Juntos desde o ano de 2009, o sargento e o estudante oficializaram a união estável em janeiro de 2012. Depois disso, precisaram brigar na Justiça para que a união deles fosse reconhecida pelo Exército. Em agosto do ano passado, numa decisão inédita no país, o Tribunal Regional Federal (TRF) julgou procedente a apelação para que a união civil do casal fosse considerada como uma relação de dependência familiar, garantindo ao companheiro do militar todos os direitos previdenciários.

Atualmente, o militar está trabalhando em Rio Branco, no Acre, e o universitário segue no Recife, onde cursa sistemas de informação na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). “No mês passado, ele passou uma semana de folga aqui no Recife. Acredito que em dois anos ele já consiga a transferência novamente para Pernambuco”, apontou o universitário.

 

Fonte: Diário de Pernambuco

Compartilhar: