Concurso de sexo oral em troca de bebida deverá ser investigado

Disputa, que consiste em fazer sexo oral em troca de bebida, virou moda, especialmente entre turistas ingleses; o Instituto da Mulher pediu que as autoridades investiguem o caso

Em troca de sexo oral, as mulheres recebem bebidas de graça. Foto: Divulgação
Em troca de sexo oral, as mulheres recebem bebidas de graça. Foto: Divulgação

Um concurso de sexo oral se tornou popular em Magaluf (resort que atende principalmente irlandeses, britânicos, russos e escandinavos), localizado na ilha de Maiorca, na Espanha. A prática tem sido chamada de “mamading” nas redes sociais, e já ganhou vários adeptos.

A disputa funciona da seguinte forma: as mulheres tem que fazer sexo oral com um número determinado de homens, durante uma festa, em um tempo também estabelecido. A vencedora ganha uma garrafa de champanhe, que custa menos de R$ 10. Contudo, de acordo com o sitemallorcadiario.com, a vitória também garantiria acesso gratuito ao bar ao longo do período de férias.

As mulheres devem fazer sexo oral 23 vezes em até 2 minutos e 30 segundos. A ação é realizada na frente de todos os clientes do estabelecimento.

O Insituto de la Mujer (Instituto da Mulher) pedirá às autoridades que investiguem o concurso. A instituição condenou veementemente a prática, que classificou de “vexatória, degradante e discriminatória com as mulheres”, e solicitou que ela seja “rejeitada e reprovada”.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade